Personalidade Forte

Quando se fala em personalidade forte, certamente você lembra de pessoas próximas que são duras no seu jeito de ser, de falar, ou a própria imagem se difere das outras pessoas por expressar frieza ou ainda, você lembra por exemplo, da Meryl Streep na famosa cena de ” O Diabo Veste Prada “. Certo? Muito bem, Devo confessar que é uma belíssima cena, mas definitivamente o conceito de personalidade forte não tem nenhuma relação com essas características.

Não confunda personalidade forte com alguém que comete excessos ao falar.

É normal você confundir pessoas que são ignorantes, no seu modo de ser e se pronunciar, de olhar, de cometer algum tipo de excesso quando se dirige a você ou a um grupo. Claro, essas pessoas assustam, porque ninguém gosta de ser tratado de forma grosseira por gente que tem temperamento forte. Principalmente, se isso é em público e faz você sofrer algum vexame.

Pessoas com temperamento forte costumam exagerar

Veja, gente que esbraveja por muito pouco, são aquelas pessoas que não sabem ligar com as suas emoções. Com isso, na maioria das vezes, elas descarregam em você toda aquela carga negativa que está acumulada por dias, até meses. Então, pessoas assim, elas costumam ter a idade emocional diferente da biológica por exemplo. Há quem não entenda, porém existe muita diferença nisso. Vejamos:

. Há quem seja, adulto muito cedo, sabe tratar, sabe conversar, até consegue lidar melhor com os problemas do que muita gente, considerada ” vivida”, mas que não tem ou não desenvolveu essa capacidade, digamos, de não amadurecer, ou seja, o lado emocional, sobressai ao o intelectual.

. Gente que apela para as emoções, agride, chora, bate até. São pessoas que não pensam antes de tomar qualquer decisão. São pessoas desagradáveis, sem falar das que agridem verbalmente. É terrível lidar com gente assim. Tem um temperamento forte. Mas, é o lado emocional e selvagem que está querendo chamar a atenção. E chama mesmo. Agora, é preciso saber lidar com essas situações.

A maioria dessas pessoas, são sensíveis ou hipersensivel. O hipersensibilidade é exagerado em tudo. Já o sensível, nem tanto. Geralmente, ele é capaz de se colocar no lugar do outro. Agora, ‘cá entre nós ‘, voce conhece alguém que costuma dizer Assim: ‘ Eu não levo desaforos para casa”. Esses vivem eternamente os seus conflitos emocionais. Três segundos e já entraram em confusão. O problema maior é saber lidar com gente do tipo, porque além de ser desagradável, isso gera um desgaste enorme. Às vezes é tão grande que coloca uma amizade, um relacionamento em xeque. Acaba mesmo porque ninguém vai quer gente assim do lado.

Diferença entre quem tem personalidade forte e quem não consegue lidar com as suas emoções.

Como foi dito, pessoas que têm dificuldade de lidar com os seus conflitos internos ( emocionais), elas tendem a cometer certos exageros – escândalos. Seja na relação amorosa, trabalho, amigos e outras ocasiões. Isso definitivamente, não é ter personalidade forte, já vimos que essa característica parte de outros princípios. Agora, alguém que tem personalidade forte, ela acaba destacando-se por outras qualidades. Quem se enquadra dentro desse contexto, geralmente são pessoas extremamente lúcidas, honestas em seu jeito de ser, de falar de liderar, por exemplo, com os outros e situação adversas.

Empresas buscam pessoas com personalidade forte

As empresas têm uma necessidade enorme de pessoas que têm espírito de liderança e que também tem personalidade forte. Mas, também não é o caso de gente que tira o sangue dos funcionários. Isso é outra questão. A pessoa que se destaca entre os demais, ela preenche cargos de liderança, porque consegue fazer com que muitas outras trabalhem melhor. É natural observar situações com tal dentro de empresas, ela faz com que o empregado venha produzir, ‘ render, não só pelo lado da exigência, mas quando também oferece um suporte que atenda parte das necessidades desse empregado. Então, definitivamente, esqueça essa história de gente sisuda, que grita com você. Como vimos, há quem sempre exagere na dose do veneno. Mas, só quando é para oferecer ao outro

[…]

Pessoas com personalidade forte, são autossuficientes, capazes de saber administrar não só a sua vida, mas parte de todas as situações sem passar por cima de ninguém. Ah, outro detalhe importante, esqueça essa mentalidade ingênua de querer interpretar pessoas com personalidade forte com quem vive falando palavrão. Você gosta? ótimo. Mas, no mínimo será somente um ” boca suja a mais”. O mundo não é composto só da sua história, mas de centena de milhares de outras parecidas a sua. Todavia, não se dobra aos seus pés. Vamos combinar, então?! se você quer deixar uma boa impressão, melhore do português a vestimenta.

Um abraço fraternal.

Texto publicado por: VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Imagem: Meryl Streep/ O Diabo Veste Prada. EXAME. Abril.com

Santarém, 2 de março de 2020

Sartre

“Sou um verdadeiro vácuo, embriagado de orgulho e translúcido…

Como o mundo que quero conhecer ao fundo”. ” Viver é isso: Ficar se equilibrando o tempo inteiro entre escolhas e conseqüências “

Sartre.

Imagem: Google.com

( https//kdfrases.com)

Publicado por: VEM comigo!

Marii Freire Pereira.

Santarém, 1 de março de 2020

Relacionamento Doentio

” Nas mãos de quem amo”.

Todos os relacionamentos amorosos são compostos por mistérios, por aquela coisa bonita e saudável que consegue atrair o olhar das pessoas de modo que, faz com que muitas gente queira decifrar o segredo, ou seja, o que faz com que um determinado casal consiga negociar de forma saudável todos os problemas , e assim, viver bem. Até aqui, parece fácil. E quando se observa por exemplo, uma dependência afetiva doentia? Quando esses casais brigam além da conta? O que acontece ? Conflitos, não é? Sim, são atitudes não programadas mas, que mostram o oposto daquilo que era para ser visto como bom, espontâneo, ou seja, saudável. Assim deveriam ser as relações com a entrega e a delicadeza que essas ocasiões pedem, sem a necessidade de neurose e confrontos no caso, embate. Porém, o que se nota, é que ao invés de namorar, algumas vezes, os casais colocam as brigas em dia.

Eternos aprendizes

Dentro de relacionamento assim, é comum se observar o agreste, ou seja, o lado selvagem, as inquietudes, a rebeldia, o confronto porque no fundo, um dos lados não quer perder.

Então, mediante tal dependência se nota.

Ciúme doentio

Vamos combinar uma coisa: amor sem reciprocidade ninguém tolera. Mas, aqui entra o acúmulo de muitos questionamentos inadequados como a questão da insegurança, a possessividade, dentre outros.

Traição

As traições são comuns. As atitudes que antes eram naturais, de repente, passa a ser algo forçado. A personalidade sofre uma espécie de envergadura, ou seja, vai!…Mas, em direção contrária.

. A relação fica vazia e não existe dentro dessas histórias, a questão da espontaneidade

[…]

Nada é capaz de seduzir como antes, ou seja, não há entrega. Há sim, uma quebra de vínculo, uma cobrança diária por conta das negligencias.

Menosprezo

Você que era ” a menina dia olhos”, o motivo maior da atenção e prioridade dele, passa a ser um segundo, terceiro, quarto, último plano da vida dele. “Fica de lado”. Quando quer [procurar, e nao havendo necessidade, não lembra].

Quer dizer, você não é mais porto seguro nem dele (a) nem de você próprio (a).

É o momento de admitir os erros.

Imagine, se por um lado a relação não vai bem, você menos ainda. O amor próprio, a autoestima não parecem não fazer nenhum sentido, pelo contrário, te lançam ao chão.

Guerra entre os casais

A questão do sofrimento é muito forte, e com isso, surge as cobranças, agressões verbais, às vezes, até física. O que destrói mesmo os casais são os confrontos. Em momentos assim, ninguém é bom negociador. A briga é de ambas as partes, ou na maioria das vezes, de um …

O que antes tinha encanto, definitivamente…perde a doçura.

Relacionamentos tipificados, ou seja, ‘ malformado’ dentro desse contexto de destruição, onde se tem condutas extremamente agressivas, ou seja, vivem em pé de guerra, não prosperam. E sabe qual é que é primeiro fator a conta nessas situações? O emocional. Não se suporta, ninguém consegue ter controle sobre aquilo que diz e machuca o outro. A confiança definitivamente não existe. Tudo fica ali meio que ‘ flutuando ‘em cima das incertezas. Agora, tem gente que gosta de um bom embate, brigam a vida toda.

Sofrimento é um caminho a ser percorrido até chegar ao término da relação.

É muito comum notar casais que ficam patinando numa relação a vida toda, tenta consertar sempre que podem. Mas, não progridem, não exercem um poder de superação. Claro, devo considerar que não é fácil você construir ao longo de uma relação sonhos e projetos com a outra pessoa, e saber que é só uma questão de tempo, e logo vida será programada para que você viva outras escolhas, claro – diferente do que foi planejado com que você amava.

Mediante essa situação em que o casal não tem mais amor, às vezes, amor tem, não tem o resto. Coisas como carinho, respeito e metas para construir um caminho juntos, ou seja, uma vida a dois, resta manter o respeito de tudo o foi vivido durante o tempo que foi ” imortal ” , como disse Vinicius de Moraes, mas que teve um tempo estipulado. E e que resta é [re]começar. Oferecer a si, e a outra pessoa uma nova oportunidade para ser feliz.

Imagine: Família. com.br

Texto publicado por: VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Santarém, 29 de fevereiro de 2020

Procura da poesia

” Penetra surdamente no reino das palavras

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados,mas não há desespero,

há calma e frescura na superfície inata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com os teus poemas, antes de descrevê-los”

Carlos Drummond de Andrade.

Imagem via: Facebook

Literatura brasileira, Ano: 1942 ( livro pessoal)

Marii Freire Pereira

Santarém, Pá 28 de fevereiro de 2020

Amor

Será que esse termo Amor, assim mesmo com ” A” maiúsculo é para todo sempre? Será mesmo que isso acontece com todos os seres, ou o homem investiu em termos sofisticados para denominar aquilo que por natureza era natural?

Amor e humanidade.

O que faz com que duas pessoas se encantem um pelo outro, logo no primeiro contato visual? Certamente, deva ser essa construção bonita que temos ou apresentamos aqui fora. Geralmente, dizemos que são as imagens mais sublimes que despertam o interesse de um homem em relação a mulher. A propósito, a Literatura descreve esse desejo, através de uma imagem angelical e ao mesmo tempo provocadora. A priori, o interesse faz com as pessoas criem uma certa afinidade de modo que, esse cenário de troca de informações poéticas provoque essas inquietações amorosas, muitas utópicas, posso dizer assim. Mas, de fato, o que colabora para que se consiga explicar tal sentimento?

É lindo se notar a sincronização do olhar entre duas pessoas que se amam. É como se sonhasse e sonhando acordado, pudessem alcançar a magnitude do sentimento através do desejo, tempo, e carinho que é a coisa mais comum que vemos entre os casais.

Pessoas que se amam, elas têm uma ligação tão forte, a ponto de todo aquele conjunto de troca de informações, lembrar o sagrado. Claro, sagrado sem o a presença do sexo, porque havendo este, seria um sentimento impuro. Então, você nota que o amor é protegido de forma única, onde np íntimo de cada ser há toda uma manifestação espontânea. Note que os casais apaixonados vivem o deleite, o gozo, a inteireza de abundância de todos os sentimentos, e aqui vale citar até a raiva. Claro, primeiro vem a parte estética, ou seja, o visual.

Se olham

Sentem

As bocas abertas

Miram -se um no outro, como se pudessem resgatar a essência de cada um carrega na maneira como quem lê a si próprio.

O resto do mundo torna-se invisível.

Essa é a representação do amor, assim acontece acontece essa projeção entre dois sentimentos que concordam viver essa faceta poética. É o sentimento que transborda, e ao mesmo tempo se coloca a favor da existência do outro.

Amar é uma coisa maravilhosa. Ame-se…muito.

Imagem pública

Texto publicado por ” VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Oswald de Andrade deglutido

No pão de Açúcar

De cada dia

Dai-nos Senhor

A poesia

De cada dia

No baile da Corte

Foi o Conde d’Eu quem disse

Pra Dona Benvinda

Que farinha de Suruí

Pinga de Parati

Fumo de Baependi

É comê e bebê pitá e caí.

Oswald de Andrade (Escapulario no Pão de açúcar)

Imagem: Pão de açúcar- Pinderest.

Publicação: Literatura brasileira, ano: 2013

Marii Freire Pereira

Santarém, Pá 28 de fevereiro de 2020