Tomás Antônio Gonzaga

” Ah, enquanto os destinos impiedosos não voltam contra nós a face irada, façamos, sim, façamos, doce amada, os nossos breves dias mais ditosos. (Tomás Antônio Gonzaga. In: Luiz Roncari, op .cit. p. 254.) Literatura brasileira em linguagem com outras literaturas e outras linguagens. Atual Editora. William Cereja e Thereza Cochar. 5 ed. reform. SãoContinuar lendo “Tomás Antônio Gonzaga”

Marii Freire

Na vida é preciso maturidade para saber lidar “perdas e ganhos”. Ontem, a nossa festa da Democracia estava linda. A liberdade de escolha foi exercida de forma plena. Aflições, agitações, cólera, desespero…tudo aflorou! Mas não vivemos pela paixão desenfreada. “O direito que é seu, também é do outro”. Todos escolheram em quem votar, é oContinuar lendo “Marii Freire”

João Cabral de Melo Neto

” Os sonhos cobrem-se de pós. Um último esforço de concentração morre no meu peito de homem enforcado. Tenho no meu quarto manequins corcundas Onde me reproduzo e me contemplo em silêncio. João Cabral de Melo Neto. Poesias Completas. 3 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1979.p 37p ) João Cabral de Melo Neto. LiteraturaContinuar lendo “João Cabral de Melo Neto”

Clarice Lispector

” No sábado à noite à alma diária perdida, e que bom perdê-la, e como lembrança dos outros dias apenas as mãos pequenas tão maltratadas.” Clarice Lispector . Laços de família ( 1960) Para amar Clarice: como descobrir e apreciar os aspectos mais inovadores de sua obra/ Emilia Amaral. 1ed. Barueri, São Paulo: Faro Editorial,Continuar lendo “Clarice Lispector”