Em destaque

Meu primeiro post no blog

“A educação é um instrumento de emancipação das mulheres.

Escreva no seu tempo…”

Wollstonecraft .

Este é meu primeiro post no meu novo blog. Um sonho projetado há muito tempo. Nele você encontra textos ( reflexões), todas minhas, fragmentos e frases. Além de poesias de autores maravilhosos.

VEM comigo!… Tenho certeza que você vai adorar.

Um abraço fraternal.

Marii Freire.

Carlos Drummond de Andrade

” E cada instante é diferente, e cada

homem é diferente, e somos todos iguais.

No mesmo ventre o escuro inicial, na mesma terra

o silêncio global, mas não seja logo.”

Carlos Drummond de Andrade. Os últimos dias

Carlos Drummond de Andrade. A Rosa Do Povo. Círculo do Livro. São Paulo, 1945.

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Baú do Viajante

Santarém, Pá 21 de maio de 2022

Dajavan

Um dia frio

Um bom lugar pra ler um livro

E o pensamento lá em você

Eu sem você não vivo

Um dia triste

Toda fragilidade incide

E o pensamento lá em você

E tudo me divide

Um dia frio

Um bom lugar pra ler um livro

E o pensamento lá em você

Eu sem você não vivo

Um dia frio

Um bom lugar pra ler um livro

E o pensamento lá em você

E tudo me divide

Longe da felicidade é todas as suas luzes

Te desejo como o ar

Mais que tudo

És manhã na natureza das flores

Mesmo por toda riqueza dos sheiks árabes

Não te esquecerei um dia

Nem um dia

Espero com a força do pensamento

Recriar a luz que me trará você

E tudo nascerá mais belo

O verde faz do azul com o amarelo

O elo com todas as cores

Pra enfeitar amores gris

E tudo nascerá mais belo

O verde faz do azul com o amarelo

O elo com todas as cores

Pra enfeitar amores gris

Um dia frio

Um bom lugar pra ler um livro

E o pensamento lá em você

E tudo me divide

Um dia triste

Toda fragilidade incide

E o pensamento lá em você

E tudo me divide…”

Djavan. Um Dia Frio

https://m.letras.com.br

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ LETRAS.MUS.BR

Santarém, Pá 20 de maio de 2022

Dilacerar

Quando a vida dilacer os sonhos na particularidade dos seus olhos, conjugues o trecho que precisa da tua intervenção. Muitas vezes, horas de lamentação, representa só um a unidade avulso; não uma vida inteira.

Marii Freire Pereira. Dilacerar

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Twitter.com

Santarém, Pá 20 de maio de 2022

Mário de Sá-Carneiro

” Sou todo incoerência. Vivo desolado, abatido, parado de energia, e admiro a vida, entanto como nunca ninguém a admirou!”

Mário de Sá-Carneiro, livro: A Confissão de Lúcio

https://citacoes.in

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/VoltexMag

Santarém, Pá 20 de maio de 2022

Carlos Ayres Britto

” Não entender que O grau de civilização de um povo se mefe pelo grau de liberdade da mulher ” ( Charles Fourier) é estar ainda a meio caminho do humano.

Carlos Ayres Britto/ Twitter

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Twitter

Santarém, Pá 19 de maio de 2022

O ser humano encontra o seu valor no afeto

” O ser humano encontra o seu valor no afeto”.

Marii Freire Pereira

As relações afetivas solidificam-se no psíquico, de modo a fazer com que homens e mulheres reconheçam nesse tipo de manifestação, um gesto natural da vida, que vai além do amor. O afeto transcende a própria natureza humana, estreitando diferenças e criar laços genuínos entre indivíduos pertencentes a mesma família, ou meio social.

Quando se fala de afeto, tem -se na mente, o exemplo de uma mãe amorosa com seus filhos, não tem? Sim, porque a figura da mãe tem um vínculo biológico com o filho. Esse detalhe, é extraordinário. Todavia, Sabe-se que além da obrigação de cuidar e oferecer proteção, uma mãe muitas vezes, assume o papel do pai, quando este não tem o respaldo biológico de oferecer uma postura íntegra a seu filho, bem como o dever de cuidar. Essa mãe, diante da situação exposta, ela reconhece que o filho ou filha, precisa de carinho, de amor, amparo e cuidado, o que o outro indivíduo, não teve condições de oferecer. Isso, dar-se seja pela recusa ( abandono) ou pela desconstrução da figura paterna que por algum motivo rompeu-se de forma legítima na vida da criança.

Quando se fala que os pais têm obrigação, de fato, eles têm. O que muitos pensam não ter é responsabilidade, porque ao agir desastrosamente, digo ” quando abandonam seus filhos e filhas”, estes sujeitam a mulher, a formas discriminatórias na sociedade. Uma mãe por pior adjetivo que receba, ela nunca deixa de amar seus filhos. A ligação materna é forte a ponto de manter o vínculo materno sempre ativo.

Quando uma mãe toma para si a responsabilidade, que vai além do vínculo genético, ela eleva o valor afetivo sobre a própria cria, pois concentra esse poder no fórum íntimo de suas emoções. Ou seja, essa mulher ativa o modo solidariedade, em face daquele que é sangue do seu sangue e carne de sua carne. Essa mãe não questiona sobre o desamor do pai. Mas envolve o seu filho ou filha com o carinho sem igual. É como quem se rebela diante dos valores da própria vida, é expressa sua força no ato derradeira de coragem.

Hoje, falar sobre família, é antes de mais nada, trazer para perto o conceito íntimo de afeto. As relações familiares hoje, certamente, mais do que o próprio amor, baseia-se no afeto. O que mantém a família hoje, junta diferentemente do passado é o afeto. Eu ia usar a palavra ” unida” mas optei por junta, porque embora, não se divida o mesmo espaço, principalmente por conta de divergências, há um elo que liga os indivíduos entre si, que não é o amor, o carinho e o respeito. Embora, todos eles sejam importantes para compor esse cenário familiar, mas torno a repetir, é o afeto – que tem força de sobressai o amor. Ainda que uma família se separe, sempre haverá essa ligação forte entre seus membros, capaz de conter valores, e até se ” abracar” por exemplo, depois de uma reviravoltas

O afeto não depende de outro sentimento para existir entre indivíduos de uma mesma família. Ou diria até mesmo ” de uma família de diferentes membros” que se compõe-se de forma aleatória. Sim, uma família pode ser composta por duas pessoas: uma avó e uma neta, e um animal de estimação. Na verdade, não tem regra, tem a questão do cuidado, do amor, do respeito e afeto. Sabe-se que família não é uma questão de sangue, mas de quem cuida, que dá amor. Pai e mãe é genitor! Família é um conceito extenso, e as relações são sempre pautadas nas condutas recíprocas entre cada indivíduo.

O maior ganho da humanidade, não são as jazidas de ouro, algo que expressa valor, e que por vezes, cansa os músculos pela tão sonhada busca pelo poder. Mas é, o que o liberta das ilusões. Ilusões, das diferenças, do calar, do entristecer, do afastamento. Às vezes até mesmo do desejo da exclusividade. O fator biológico que conta na história da humanidade é o afeto, que afasta toda e qualquer diferença. Ainda que você não tenha coragem para dizer que ama, que sente saudade e que deseja falar […], certamente a realidade afetiva prevalece em qualquer diferença dentro dessas relações. Portanto, as famílias são constituídas por vínculos que se estreitam e reconhecem o seu valor.

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem ( Autoral)/ Pensamentos.me/ VEM comigo!

Santarém, Pá 19 de maio de 2022

%d blogueiros gostam disto: