Violência psicológica

A violência psicológica constuma se apresentar de uma maneira muito sucinta. Diferente da violência física que tem sintomas físicos como, marcas na cor roxa pelo corpo, fraturas, arranhões, dentre outros. A violência psicológica, ela compromete o psíquico de suas vítimas. Além disso, há o dano emocional que esse tipo de violência tem ‘como marca maior’ do que ela provoca nas pessoas.

Quem já passou por esse tipo de violência, sabe que, mais do que, a confusão mental, ela provoca o desequilíbrio emocional. As pessoas que passa por pressão psicológica, agressão verbal, sabem como a marca dessa violência é quase irreversível. A violência psicológica é uma coisa horrenda, porque desestabiliza qualquer pessoa. Isso inclui homens e mulheres.

Uma mulher que se torna vítima de violência psicológica por exemplo, ela leva anos para conseguir voltar acreditar na pessoa que ela foi um dia. Mulheres que vivem relacionamentos conturbados, doentios e com a presença constante de violência, e que ouvem de seus parceiros colocações como: ” Você está ficando louca” ou ” Você está velha, feia, ridícula, acha que algum outro homem vai te querer além de mim?” São pessoa com a autoestima abalada. Como disse, a violência psicológica, ela afeta muito a questão psíquica, a questão emocional principalmente. É algo que deixa a pessoa abalada. Quen vive debaixo de uma tortura mental e que passar anos, sob esse aspecto, é uma uma pessoa que olha para se própria e, não se reconhece, porque o outro, a transformou num sujeito diferente do que um dia ele ou ela foi.

É comum parceiros abusivos, praticarem esse tipo de violência com as suas vítimas, causando-lhes principalmente, dano emocional. Há mulheres, devido viver numa pressão contínua, elas desenvolvem, ansiedade e depressão. Buscando por conta desse sofrimento, alternativas como o suicídio como meio para para aliviar o seu sofrimento.

Homens com desejo de controle, eles podem usar de diversos meios para atingir as suas vítimas. Eles podem usar da ridicularização, a depreciação, a humilhação, ou pegar o celular da vítima e bisbilhotar. Depois, usar das informações encontradas para fazem chantagem emocional. É preciso dizer que, a pessoa que sofre com essa violência, ela vive todo tempo com uma espécie de tristeza profunda. Ela se afasta de familiares, de amigos, muitas vezes porque esse homem insere situações no seu dia a dia, que geram nessa mulher um estado de confusão mental. Então, muitas vezes, em nome do amor que elas tem por seus parceiros, simplesmente, abdicam de seus direitos, para tornar-se um objeto de manipulação do outro.

É importante ressaltar que, a mulher quando se percebe diante de uma situação como essa, onde consegue constatar tamanha forma de abuso, ela deve pedir ajuda, seja de pessoas próximas, como familiares ou mesmo ajuda profissional. É importante que essa vítima tenha consciência de que, o amor não se concretiza mediante controle, intimidação ou ameaças. O quanto antes, essa mulher despertar, mais rápido, ela irá procurar sair dessa situação.

Violência psicológica é um problema gravíssimo. Denuncie!

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem & criação: Marii Freire Pereira/Pensamentos.me/VEM comigo!

Santarém, Pá 6 de dezembro de 2022

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

12 comentários em “Violência psicológica

    1. Não sabe como eu fico feliz em ter pessoas como você por perto ( apesar da distância física) para ter esse olhar tão sincero, diante de um problema comprometedor como esse que é a violência contra a mulher. No caso, fala- se dá violência psicológica, assim como as diversas formas desse ( problema que tem séculos de impunidade). É preciso falar para que a mudança seja coletiva.

      Obrigada Filipa!🙏🙏

      Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: