Abandono

Os dias se consomem em palavras

Palavras cujo o significado

Tem na sua fibra mais íntima

O desejo de sentimento nunca alcançado.

Consciente

Mas

Incompleta

Na condição de mulher

Vejo que o meu legado é o vazio.

Tu quando sentes, dói?

Em mim dói uma dor indizível

Não sei ignorar

Estou sempre esbarrando nela

Há dias que melhor seria não acordar

Porque resmungo

Até que os meus olhos se despeça da paisagem

Da solidão

Dos meus naufrágios

Do rosto desfigurado

Até um novo amanhecer

esse amanhecer

junta -se a outro amanhecer

e assim, os dias vão se passando

Na mais completa solidão.

Perdi a esperança

Lá se vai uma vida escassa!

Devagar…ao encontro do horizonte.

Marii Freire Pereira

Imagem: Google

Santarém, Pá 8 de maio de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Abandono

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: