Memórias Póstumas de Brás Cubas

” Cada homem tem necessidade e poder de contemplar o seu próprio nariz, para o fim de ver a luz celeste, e tal contemplação, cujo efeito é a subordinação do Universo a um nariz somente, constitui o equilíbrio das sociedades. Se os narizes se contemplassem exclusivamente uns aos outros, o gênero humano não chegaria a durar dois séculos: extinguia-se com as primeiras tribos. “

Memórias Póstumas de Brás Cubas ( Machado de Assis). Clássicos da literatura brasileira. Pé da letra. Barueri, São Paulo, 2020

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem ( Arquivo pessoal)

Santarém, Pá 5 de abril de 2021

Carlos Drummond de Andrade

” Não precisa

fazer lista de boas intenções

para arquivá-las na gaveta.

Não precisa chorar arrependido

pelas besteiras consumadas

nem largamente acreditar

que por decreto de esperança

a partir de janeiro que as coisas mudem

e seja tudo claridade, recompensa,

justiça entre os homens e as nações,

liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,

direitos respeitados, começando

pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo

que mereça este nome,

você, meu caro, tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,

mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo

cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade. Receita de Ano Novo.

Cultura Genial

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Janice Ataíde

Santarém, Pá 5 de março de 2021

Feliz Páscoa!

Hoje é dia de alegria! Voltemos-nos para dentro de nós e procuremos no nosso interior as coisas boas, sobretudo as motivações. É essa força que reside na alma e testa a nossa paciência diante dos limites, às provas que a vida nos coloca.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Flickr/ D721548

Santarém, Pá 4 de março de Abril de 2021

Reflita

Reflita!…

” Soluços, lágrimas, olhos no chão “. Sensação de impotência “. É assim que a mulher que é vítima de violência, seja na ordem psicológica, sexual ou física se sente.
Veja, como alguém que admite passar por tudo isso é “simpatizante de Bolsonaro?” Um sujeito que incentiva a violência contra a mulher, pela forma grosseira de agir, falar, entre outras coisas. Não só, ele é exemplo de pessoa que faz com que curiosamente, se mire o retrocesso, ao invés da garantia do próprio direito. Há tempos atrás, Bolsonaro declarou publicamente frases grotescas que fere o direito de todas nós. Eu não vou repetir, até porque quem tem memória nesse país, lembra o quão bizarro é o abismo cometido por nosso presidente em relação a questão da violência contra mulher. Isso, sem falar em outras formas de restringir esse direito.
A maneira de como Bolsonaro fala, não demostrar respeito por nós mulheres, pelo contrário, ele se torna muito mais uma figura atrativa porque incentiva essa violência, que sabemos que é resquício do passado, do que encara por exemplo, uma postura que demonstre preocupação em combater tal violência. Infelizmente, é preciso dizer que as barreiras culturais, estas são piores do que aquilo que deixa desejar a própria lei.
A gente só vai deixar de ‘achar graça’ nessas coisas, quando compreender que a dor do outro, não é bonito, ou não tem nada de engraçado.
[…]
O silêncio que muitas mulheres fazem, é tão ruidoso quando quem abre a boca justamente para agredir, desdenhar, usar predicados preconceituosos, e tudo mais. Um gesto de desdém, é algo que repetitas vezes, cala a mulher. Isso também é violência – porque causa danos psicológicos.
Voltemos ao início desse texto: Reflita!..não é inaceitável? Pois bem, conveniência nossa achar que quem demonstra apreço pelo que machuca, é o mesmo que corresponde as nossas necessidades.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: CNJ/ via Facebook

Santarém, Pá 4 de abril de 2021

Carlos Drummond de Andrade

[…]

A moldura deste retrato

em vão prende suas personagens.

Estão ali voluntariamente,

saberiam – se preciso- voar.

Poderiam sutizar-se

no claro- escuro do salão,

ir morar no fundo dos móveis

ou no bolso de velhos coletes.

A casa tem muitas gavetas

e papéis, escalas compridas.

Quem sabe a malícia das coisas,

quando a matéria se aborrece?

O retrato não me responde,

ele me fita e se contempla

nos meus olhos empoeirados.

E no cristal se multiplicam

os parentes mortos e vivos.

Já não distingo os que se foram

dos que restam. Percebo apenas

a estranha idéia de família

viajando através da carne.

Carlos Drummond de Andrade. Retrato de família. A Rosa Do Povo. Círculo do Livro. São Paulo, 1945

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. plus.google.com

Santarém, 3 de fevereiro de 2021

Crime de Perseguição ( Satalking e Ciberstalking) – art.147 do CP

Perseguir uma pessoa reiteradamente seja no sentido físico, ou nas redes sociais a partir de agora é crime. A notícia saiu ontem, dia 1 de abril de 2021. Evidente que essa notícia trás a baila uma forma velada de Perseguição a mulher, e que agora é CRIME.

O legislador chama atenção para a seguinte situação: perseguir

Se um homem fica atrás da mulher inúmeras vezes, criando ali uma espécie de obstáculo ao direito de ‘ir e vir’ , na verdade, causando desconforto – dentre outros motovos, esse detalhe é caracterizado como perseguição. E se esse detalhe interfere na sua saúde psicológica principalmente, por se tornar um ato repetitivo, na verdade ‘habitual’ ele responde de acordo com a Lei n° 14.132/2021. Mais ainda, neste caso, o legislador diz: por qualquer meio. Aqui, cabe ligações, usar as redes sociais, usar aplicativos, conseguir ter acesso a pessoa através de emails, e assim violar a sua intimidade, esse ato acaba configurando-se como crime de Stalking ou Ciberstalking.

Neste caso, o legislador teve a preocupação de fazer com que a vítima desse tipo de crime, por razão de ter a sua integridade física e psicológica comprometida por seu ‘perseguidor’, responda por seus atos conforme a lei mencionada. Neste caso, o crime de Stalking é passível de 6 ( seis) meses a 2 ( dois) anos, e multa.

Com base nesse entendimento, se o homem vive criando barreiras a essa vítima, no caso, a mulher, se ele vive restringindo a sua capacidade de locomoção, isso expressa uma forma de querer intimidar essa vítima. Por exemplo, se o homem espera a mulher sair do trabalho, ou vai a lugares, onde sabe que ela frequenta, como casa de amigos, festas, ou mesmo fica próximo da casa da vítima, vigiando os seus passos, esse detalhe mostra de forma consciente que esse homem age de forma a querer intimar essa pessoa. Esse detalhe também é válido para as redes sociais. Se o homem faz uso da internet com essa intenção, inclusive tentando depreciar a imagem da mulher, ele responde nos termos da Lei- 14. 132/2021 de acordo com o artigo-147-A do CP.

Aumento de pena.

O aumento da pena, ocorre por razão da condição de sexo feminino, conforme o parágrafo 2-A do artigo 121 deste Código. No caso de violência doméstica e familiar, cabe observar os termos relacionados a Lei- 11.340/006 ( Maria da Penha). Ou seja, no caso do esposo, do ex-namorado ciumento que fica ” vigiando os passos ” da mulher, e aproveita disso para cometer crimes.

Se esse homem censura, menospreza, faz pouco da vítima, se usar ele termos preconceituosos para denegrir a sua imagem, ele responde conforme estabelece os seus atos.

Mulheres:

Reunam prints de ligações, mensagens, ameaças que envolvam situações de violência, ou qualquer outro tipo de Perseguição.

DENUNCIE.

Não se cale diante da violência, nunca.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Getty images

Frase: Marii Freire Pereira/ pensamentos.me/ VEM comigo

Fonte: Diego Pureza

Santarém, Pá 2 de Abril de 2021