Café filosófico

Bom dia!..

Entre o passado e o futuro, há um tempo ao qual, estamos vivendo, este, chama-se presente. No passado só guardamos histórias daquilo que nos transformamos nessa carcaça que somos hoje. O momento de viver é agora, de ensinar lições de justiça, valores éticos e morais.
O presente é o momento de contemplar as diversas oportunidades que temos de fazer e modificar. Acredito que o grande desafio seja, nos manter com essa consciência de que é preciso nos educar o tempo inteiro, e educar as crianças para que estas, também possa lutar por um futuro melhor para elas, não para nós, porque muitos já não estarão mais aqui quando esse tempo chegar.
O chronos é fértil, mas para quem sabe criar no momento certo. Então, lutemos hoje, para não nos tornar vítimas das nossas próprias criações, dos nossos próprios erros, da violência que muitas vezes ensinamos para o outro sem perceber que estas, engolem o próprio criador, ou seja, quem ensina. Quer um exemplo? Vou citar uma frase de John Locker: ” Tirania é o poder absoluto e arbitrário que um homem tem sobre o outro para tirar-lhe a vida no momento em que lhes agrada”. Eu acrescento neste caso, tirar-lhes os direitos
[…]

Para quem entendeu, aquele abraço!..

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem ( Arquivo pessoal)

Santarém, Pá 19 de janeiro de 2021

Contemplação

O tempo tem uma beleza estranha

Um sabor de intensidade

Uma poesia escrita nas entrelinhas

Delírio talvez

Mas delírio

Não se cria.

A podia sim

ela enche a alma de flagelos

Confissões

de um ‘ quero, não quero’

de um mistério

estreito na garganta.

Desperta paixões

A fúria dos sentimentos

Ah, o tempo

faz nos saborear o amor nas travessias

de sua imensidão

[…]

Exaustos…nos entregamos as vontades

As vozes dos desejos macios

Nos lençóis da memória.

Estranho e ausente

É mesmo o pensamento

Que atravessa os caminhos da imaginação

e faz com que o desconhecido

seja um gemido

Ilusório.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem. Instagram/ New-photoitalia/ Venezia, Itália

Santarém, Pá 19 de janeiro de 2021

Relacionamento saudável

Antes de começar esse texto, eu quero te fazer uma pergunta: você tem um relacionamento? Veja, aqui não estou falando de você ter uma pessoa do lado há 3 ou 8 anos. Nada disso. O que estou tentando fazer é você pensar, será mesmo que eu tenho um relacionamento? Já parou para avaliar essa questão? VEM comigo, que vou te ajudar.

Para termos um relacionamento saudável, devemos considerar primeiro seguinte, ele é composto por duas pessoas. Não estou falando de ter essa pessoa que você ama, mas viver sempre só. Falo de ter alguém que te escuta, que endende as suas necessidades, que é amigo, tem consideração por você e tudo mais. É isso que quero que entenda. Não ter, é preciso somar. Uma relação só vai adiante quando existem duas pessoas dispostas a lutar juntas por ela.

Todo relacionamento, ele só é saudável se houver essa somatória. Se você tem alguém que soma além da cama, parabéns, você tenha um parceiro incrível, não imaginário. Muitas pessoas não têm a mesma sorte, e é bom ficar atento para saber interpretar situações como essa.

As pessoas têm que entender que, o relacionamento bom é aquele que soma. É onde a pessoa que você ama, demonstra preocupação, que entende as suas falhas e te ajuda a superar essas dificuldades. Não é ter uma pessoa que procura só quando quer sexo. Falo do abraço, do contato. Gente, vocês não fazem idéia de como o abraço é importante dentro de uma relação. A gente têm mania de abraçar o outro, separando uma parte importante que é da cintura para baixo, não é? Às vezes, a pessoa chega do trabalho e não tem o contato físico. É só ” oi, amor, cheguei!” Quando se faz isso, a relação perde um pouco da sua essência, porque o abraço junta, mas a falta de contato separa. Abraço é contato físico. Todas às vezes que você enlaça os braços no seu parceiro, você o acolhe, recebe aquele corpo junto ao seu. Não estou dizendo para voce fazer isso todas as vezes, mas, sempre que possível, faça.

Contato: é tudo aquilo que permite a pessoa sentir, respirar o perfume um do outro, roçar pele na pele, ficar com o cheiro do outro na lembrança. Toda a às vezes que duas pessoas tocam uma na outra, elas sentem o calor, fazem uma leitura de como se percebem. Isso é importante. Quando se fala tocar, esse ato é uma espécie de comunicação, só que através de gestos. Então, essa é também uma maneira de dizer, eu gosto de você. Eu te recebo, eu te percebo.

Sexo: vocês fazem amor ou transam de qualquer jeito? A transa é mais do que penetração, do que masturbação. Às vezes, as pessoas mais se masturbam do que transam. Por não ter esse cuidado de oferecer carinho e atenção, que é muito delicado, e algumas pessoas não entendem isso. Muitas se tocam de qualquer maneira e acham que estão fazendo muito pelo outro, quando na verdade, não estão. É preciso ter esse cuidado de saber se a outra pessoa se sente confortável, se ela gosta da maneira de como vem recebendo esse cuidado do parceiro. Na verdade, esse carinho.

O que quero chamar atenção, é que para prevalecer essa idéia de relação saudável, basicamente, é preciso ter duas coisas: diálogo e tempo. O que vai fazer com que essa relação prospere não é o amor é o tesão que vocês sentem um pelo outro. Mas, a forma de lidar com tudo aquilo que foi dito aqui. É a maneira de como vocês se relacionam que faz com que esse amor cresça. Eu não vou inventar fórmulas mágicas para solucionar nenhum problema. Vou dizer a você o que é visto como correto dentro das relações. Quem vai encontrar uma maneira disso funcionar é você. Eu não vou mentir para ganhar o seu crédito. Como disse, vou lhe auxiliar no que se baseia uma relação saudável. A minha proposta é essa, quer goste, quer não.

Nenhuma relação é perfeita. A gente sabe que é preciso que o casal saiba ajustar as diferenças, isso também é importante. Outra, que esse casal ria juntos, que escutem um ao outro. É preciso como se diz haver ‘conexão’ para o encaixe, para o carinho. É preciso renúncias. Talvez, esse seja um dos gestos mais nobres. Renunciar em nome de quem se ama, é uma forma de respeito. A palavra permite construir muita coisa boa , dentre elas o afeto, seja no tratar ou na forma de demonstrar carinho.

Quem ama cuida!..

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Homem de Honra

Santarém, Pá 18 de janeiro de de 2021

VEM comigo!

Eu não devia dizer, mas a vida é essa construção entre o mundo e o silêncio. Uma contemplação rara entre o que nos acontece por dentro, que são as nossas inquietudes, o isolamento e o incomunicável. E por fora, aquilo que nos deixa comovidos. A beleza, a poesia e realidade às avessas diante de um mundo torto.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem. Instagram/Spain- Passion. Arqueducto Romano of Segovia

Santarém, Pá 18 de janeiro de 2021

VIDA A DOIS

“Quando passeamos juntos pela rua, mostramos a sorte que é ter um ao outro”.

Marii Freire.

As pessoas nos olham, mas o que elas não sabem é que não se trata de sorte, mas de cuidado. Amor é cuidado que a sorte não dá. Reconhecer esse detalhe é fundamental para buscar melhorar sempre o relacionamento.

A felicidade de um casal é cosida pelas mãos que estão juntas, os dedos entrelaçados, o olhar fixo um no outro. O amor que muitos vêem, é esse que nasce a partir de um ponto que sobressai a aparência. As pessoas, elas querem muito mostrar que são felizes, amadas e queridas. Mas, a gente sabe que, o amor verdadeiro, ele não nasce do acaso. As relações de modo geral, pode-se dizer que estas, são feitas de aparência, porém, sem a essência, elas não sobrevivem. Não é atoa que vemos tantos exemplos de relacionamentos fracassados.

” Amor é estado de graça “, como disse o mineiro lá de Itabira, Carlos Drummond de Andrade. Eu só dou amor se o tenho. Aqui, necessariamente, não significa receber do outro, para tê-lo. Significa sim, eu fazer pela pessoa que amo, coisas natural do amor, como ofertar carinho, reciprocidade. E cobrar, pode? Olha, é interessante cobrar. Agora, não entendo como vantajoso, porque o que vemos de gente fazendo isso é lamentável. Agora, considere a realidade do amor, é preciso agir dessa forma, digo ” cobrar?” Acho que não é necessário, se há amor, então tudo tem que ser gratuito. E se a coisa não flui como você gostaria, é interessante avaliar se o que você vive é mesmo uma história de amor.

O amor que se constrói a dois, ele vem daquilo que alastra na alma. É um sentimento puro, deliciosos, delicado. O amor é toque, mas não é o roçar a pele na outra, não é atiçar o sexo. Isso é uma modalidade do amor. O corpo é somente a moradia risonha, onde vive todo sentimento bom que damos e recebemos. Eu acredito que no amor exista até uma certa ingenuidade. Por que falo ingenuidade? Porque todo amor para ser verdadeiro, ele tem que ser ingênuo, porque quem o recebe acredita na ‘bondade’ de que oferece. Se ele for malicioso, engana. Logo de cara se percebe isso. Tudo bem, mas o amor ingênuo também engana! É verdade, mas neste caso, ele já se afasta da proposta que estou trabalhando aqui. Digamos que, se esse amor engana, é porque existe algumas máscaras que precisam ser vistas.

Eu estou falando de amor verdadeiro, de entrega, de abraço, carinho, da leitura um do outro. Não falo dessa coisa que corresponde à idéia de suas facetas. Falo de um casal que se relaciona, que se conhece, que entende a linguagem do outro. Amor é abrigo, proteção e carinho na medida certa.

Amar alguém significa, eu querer o bem dessa pessoa, assim como, quero o meu. Só que para que isso aconteça, tenho que ficar atento (a) as necessidades desse amor. Sabe? É saber aonde eu posso agregar, e da mesma forma, procurar não cometer excessos. Para isso é bom, conhecer os nossos defeitos, e os do outro. Pois, sabemos que a maior causa de separação é não conhecer o esforço que se faz para relevar as nossa faltas, evidente, cometemos erros, e de quem amamos. A verdade é que, os desgostos, os desentendimentos, na maioria das vezes, surgem por falta de atenção, negligência mesmo. É impossível ter um casal que não brigue por conta de coisas pequenas ou grandes. Mas, a parte que interessa, é o quanto esse casal se doam para consertar os possíveis desentendimentos.

O amor é um sentimento singular. Nasce de dentro pra fora. Uma coisa que vem de dentro, ela dificilmente se perde na confusão. Perde quando não se sabe amar. Todavia, os que sabem, estes sempre ganham.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Casa, Comida e Roupa Espalhada

Santarém, Pá 18 de janeiro de 2021

Vacina: questão humanitária

Das muitas leituras que podemos fazer a respeito desse momento de crise que estamos vivendo, existe duas questões fundamentais que podemos constatar. Primeira, a vacina é uma necessidade para o bem-estar da população. E segundo, temos que vencer todas as adversidades desse cenário complexo, onde se evolui muito na discussão, mas não se chegava a um acordo a respeito da vacina. Saúde é um direito Constitucional, portanto, eticamente, há uma obrigação em cumprir esse dever.

Os adornos do governo e sua equipe, sempre caminharam para a omissão, porque mesmo diante de uma questão séria como a que vivemos, as decisões nunca era era por exemplo, oferecer uma saúde de qualidade as pessoas. Em outra palavra, se colocava em discussão interesses que estavam acima da saúde da população. Obviamente, um erro. O melhor é para as pessoas, e não o contrário. A vacina como se sabe, é uma das formas para se ter eficácia nessa guerra contra o Coronavirus. A outra parte, requer maturidade da população para tentar se previnir esse problema. É uma questão sanitária! estamos diante de necessidades humanas que não podem ser deixadas pra depois. A sociedade, por outro lado, tem cobrado do governo uma resposta para tudo o que acontece nesse momento Os julgamentos morais e éticos, dão a entender que cria entraves na saúde, é desumano, cruel, inaceitável.

A saúde deve ser assegurada. Afinal, é um direito do cidadão. Portanto, o governo deve oferecer os cuidados para que todos possam se sentir protegidos.

Façamos um acordo com a necessidade. A condição da vida humana, mas do que nunca, merece angariar recursos que ajudem a humanizar essa situação., e não negá-la. É possível negar miséria? O descaso sim, é um verdadeiro abuso, uma violência para com todos os cidadãos.

A sociedade busca ansiosamente, uma resposta do governo sobre essa discussão porque é questão abissal. Ninguém fica imune com palavras. A vacina é o grande enfrentamento, não têm como negar isso. Ontem, após a primeira brasileira ser vacinada, sentimos como o coletivo reagiu[…]. O resultado de positividade foi imediato: vacina aprovada! O país ganha com isso.

Em relação a parte do SUS ( Sistema Único de Saúde) é sábido que cada cidadão deve receber cuidado de acordo com a sua necessidade. A pandemia é um problema gigantesco. Mas, a vulnerabilidade social, como temos visto, vem da más condições que a saúde enfrenta hoje. Além de outros entraves que temos, essa é a realidade. Porém, cabe a cada um de nós, independentemente do que aconteça, ter assistência, e não omissão de socorro.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: nanaalyne, Instagram/ pt.m.Wikipedia.org

Santarém, Pá 18 de janeiro de 2021

Sociedade Escravista

O índio escravizado teve um papel fundamental para a nossa sociedade, porque ele livre, ele não tinha utilidade nenhuma. Então, foi preciso escravizá-lo para fazer com que, uma vez, submisso, ele trabalhasse para aqueles que por uma questão de privilégio, confiscasse a liberdade de quem nasceu desprovido deste.

O índio, assim como o negro também foi capturado, e usado como escravo. E por que? Pela cobiça dos exploradores. Claro, estes, queriam as terras indígenas, bem como a sua força de trabalho. O mesmo pode-se dizer do negro. Evidente que com características diferentes. Mas, também um povo condenado a viver num mundo a servir as pessoas que tinha dinheiro, propriedades imensas, os fazendeiros, vamos dizer assim. Então, diante dessa realidade de ter terras para trabalhar e faltando mão de obra, os exploradores conseguiram tornar essas pessoas cativas, e reger a sociedade pela força do braço, pela ameaça. Essas foi uma das formas de enriquecimento do país. A exploração do trabalho daqueles que se via numa posição menos favorecida. Necessariamente, não era desfavorecidos por um questão de destino social, mas por porque foram escravizado, ou seja, a escravização os fez objetos. Sem escolha, eles só podiam optar pela morte ou a submissão. A maioria optou pela submissão, ou seja, passaram a ter um dono. Essa foi a realidade que lhes restou.

Hoje, trazendo essa história prá cá, será que muitos, ainda se encaixam dentro desse modelo de submissão? Sim, pois por conta da lei, a escravidão acabou. Todavia, as formas de dominar, não. Esse modelo de sociedade igualitária, muitas vezes se mostra no papel de tempos atrás, onde podemos constatar a questão das ameaças ao negro e ao índio, falo de uma ameaça é real.

Palmares é um exemplo de que existe um enfrentamento inter- racial. Ele revela uma imagem de tudo aquilo que viveu o negro outrora. Outro detalhe importante, dentro da sociedade, é que há inúmeras situações, onde existe o resquício da imagem vivida pelo negro. Qual é o maior exemplo que temos hoje? do negro pobre e favelado. Óbvio que, vivendo com menos pressão, mas que encontra uma série de dificuldades pelo caminho. Não diferente de antigamente, pode-se dizer que o negro viver como quem luta pela vida, e não deixa de ser uma verdade. Como quem foge dos conflitos, das discriminações, das condições de trabalho comum. E o índio? Os verdadeiros donos dessa terra, ao serem dominados por aqueles que tinha projetos para viver aqui , eles cederam lugar ao assumir uma posição de inferioridade. Veja, cederam por pressões. Muitos fugiram, mas, metade da população simplesmente, foi dizimada. Esse é o exemplo de pessoas que foram condenadas a lutar por liberdade.

A cobiça de outrora, promoveu a riqueza de muitos, mas afunilando a história, dividiu nos todos em classe. De um lado tem-se um estrutura estatal fundada na conquista e dominação, do outro, os dominados, ou seja, pessoas que tiveram que abrir mão dos seus sonhos para assumir também a responsabilidade do sonho do europeu. Foram eles, a responsabilidade pela força pela conquista dessas pessoas. Brancos de um lado, negros e mestiços no meio dos conflitos, dos enfrentamentos. Hoje pode -se dizer da bala perdida. Quantos situações não poderia citar aqui pra vocês? Várias. As diferentes formas de domínio, faz com que a classe dominante tenha controle sobre aqueles que domina.

As comunidades pobres é uma realidade, e também uma forma de rentabilidade para aqueles as exploram. A gente percebe que, mudam-se os tempos, as formas, de dominar, os modelos de governos e tudo mais. Porém, a força continua centrada nas mãos daqueles que tem o propósito econômico. Quem produz, domina. A massa ( povo) mesmo alfabetizada, ela continua sendo tratado como escravaria, ou seja, produz muito daquilo que não consome. Muitos rostos escapam da miséria, essa é a realidade. Por outro lado, a Justiça tem um papel importante que é assegurar direitos a todos, mas principalmente, dás pessoas que aparecem refletida dentro dessa imagem de opressão, de um Brasil de miséria, ou seja, pessoas simples, através da das brechas institucionais. É esse o detalhe que coopera para a idéia de sociedade igualitária. A tentativa é de fazê-las mais justa para todos. Embora nem sempre seja possível, porque muitas a força se sobrepõe a Justiça. Todavia, os remédios constitucionais é que tem sobre o grau de injustiça que temos nesse país.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem & criação: Marii Freire Pereira/ VEM comigo!

Santarém, Pá 17 de janeiro de 2021

Florbela Espanca

Se é sempre Outono o rir das Primaveras

Castelos, um a um, deixa- os cair…

Que a vida é um constante derruir

De palácios do Reino das Quimeras!

E deixa sobre as ruínas crescer heras,

Deixá-as beijar as pedras e florir!

Que a vida é um continuo destruir

De palácios dos Reinos das Quimeras!

Deixa tombar meus rútilos castelos!

Tenho ainda mais sonhos para erguê-los

Mais alto doque as águias pelo ar!

Sonhos que tombam! Derrocada louca!

São como os beijos duma linda boca!

Sonhos!..Deixa-os tombar…Deixa-os [tombar.

Florbela Espanca. RUÍNAS. V.2/ Livro de Soror saudade, Charneca em flor, Reliquiae. L&PMPOCKET. Porto Alegre, 2018

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem. Instagram/ LISBOANSCAPE. Castelo, Lisboa, Portugal.

Santarém, Pá 17 de janeiro de 2021