Queria você, mas tudo é ausência…

Tudo é queixa ,

Tudo é solidão.

Vou refugiar- me a tua porta

Rasgar o meu coração,

Balbuciar palavras de amor

Dobra-me no agasalho das lembranças,

Quem sabe assim, eu possa te alcançar .

Em lembranças…

Fecho os olhos, e sinto o aroma suave do teu perfume

[…] que importa isso agora?

Não soube ser amor

Quando deveria sê- lo.

Só me resta gritar em silêncio

Tudo o que já não podes ouvir,

Teus erros

Tuas mentiras

Ilusão…

Não tenho palavras para definir o que sinto

Não houve troca,

Não houve nada.

Não houve amor…

[Só tristeza]

Vou refugiar-me ao asilo de minhas lembranças.

Marii Freire.

Nudez

Ó encontro de mim, no meu silêncio,

configurado, repleto, numa casta

expressão de amor que se despede.

a morte sem os mortos; a perfeita

alucinação do tempo em tempos vários,

essa nudez, enfim, além dos corpos,

a modelar Campinas no vazio

da alma, que é apenas alma, e se dissolve.

Carlos Drummond de Andrade.

Meu primeiro post no blog

“A educação é um instrumento de emancipação das mulheres.

Escreva no seu tempo…”

Wollstonecraft .

Este é meu primeiro post no meu novo blog. Um sonho projetado há muito tempo. Nele você encontra textos ( reflexões), todas minhas, fragmentos e frases. Além de poesias de autores maravilhosos.

VEM comigo!… Tenho certeza que você vai adorar.

Um abraço fraternal.

Marii Freire.

Fale sobre você (exemplo de post)

Este é um exemplo de post, publicado originalmente como parte da Blogging University. Inscreva-se em um dos nossos 10 programas e comece o seu blog do jeito certo.

Você vai publicar um post hoje. Não se preocupe com a aparência do seu blog. Não tem problema se você ainda não tiver dado um nome para ele ou se parecer complicado. Basta clicar no botão “Novo post” e dizer por que você está aqui.

Por que fazer isso?

  • Para contextualizar novos leitores. Qual seu objetivo? Por que as pessoas deveriam ler seu blog?
  • Isso ajudará você a se concentrar nas suas próprias ideias para seu blog, bem como o que você pretende com ele.

O post pode ser curto ou longo, uma introdução à sua vida ou uma declaração de missão para o blog, um manifesto para o futuro ou um simples resumo dos tópicos que você planeja publicar.

Para ajudar você a começar, confira algumas perguntas:

  • Por que você está fazendo um blog público, em vez de manter um diário pessoal?
  • Sobre quais assuntos você quer escrever?
  • Com quem você gostaria de se conectar por meio do blog?
  • Se você usar o blog direitinho durante o próximo ano, o que espera conquistar?

Você não precisa se ater a nada disso. Uma das partes mais interessantes sobre os blogs é que eles evoluem constantemente enquanto aprendemos, crescemos e interagimos uns com os outros, mas é sempre bom saber de onde e por que você começou. Além disso, organizar seus objetivos pode dar ideias para outros posts.

Não sabe por onde começar? Escreva o que vier primeiro à cabeça. Anne Lamott, autora de um livro sobre escrita que amamos, diz que você precisa se permitir escrever um “primeiro esboço ruim”. Anne tem razão. Comece a escrever e se preocupe em editar depois.

Quando estiver tudo pronto para publicar, selecione de três a cinco tags que descrevam o foco do seu blog, como escrita, fotografia, ficção, maternidade, gastronomia, carros, filmes, esportes ou o que for. Essas tags ajudarão as pessoas que se interessam por esses tópicos a encontrar seu blog no Leitor. Não deixe de incluir a tag “zerotohero” para que novos blogueiros também encontrem você.

%d blogueiros gostam disto: