Maria Berenice Dias

” A Maria Berenice Dias é uma “baixinha gigante”.

Marii Freire Pereira

O Rio Grande do Sul tem um orgulho imenso dessa mulhe, certamente. Ela foi a primeira mulher a ingressar na magistratura ( juíza) de seu Estado. Uma pessoa fantástica, que lutou/ luta contra o preconceito que sofrem muitas pessoas da comunidade LGBTQ+. Desde muito cedo, Berenice como mulher enfrentou as dificuldades que é trabalhar num universo onde só o homem tinha o poder de decisão.

Foi fácil ? Não, foi desafiador. E como eu estou sempre falando a respeito da mulher, em especial da questão da violência, não poderia deixar de citar a Maria Berenice Dias aqui. Ela também é uma mulher que luta pelo bem de muitas pessoas. Eu entendo que todas as mulheres sofrem, mas algumas abraçam essa causa nobre que ajudar as outras. Como mulher, eu me coloco no lugar da outra, e afirmo que não é difícil sentir o que elas sentem. As suas dores também é algo que me toca, e ao me dar conta de tudo isso , compreendo que o que faço é ” uma gota no oceano ” ( Zilda Arns), mas que faz a diferença. Todavia, a homenageada de hoje é Maria Berenice Dias.

Berenice sofreu muitos preconceitos durante a sua carreira como mulher. Nada muito diferente do que já escrevi por aqui sobre a questão de direitos. Ela durante o tempo que atuou no tribunal, nunca foi promovida por merecimento, mas por antiguidade. Ora, nada assusta. Afinal, recemente publiquei em outro artigo que as mulheres tem um reconhecimento tardio sobre a sua importância na história. Há um reconhecimento tardio pela sua contribuição. Em geral, quando se fala da mulher, e na sua forma de atuar no mercado de trabalho, vemos muito a questão não só do preconceito, bem como as diferenças que algo latente. A diferença salarial é muito visível por exemplo. A mulher só consegue exercer um cargo de alta chefia entre 51 a 60 anos, enquanto o homem faz isso em média numa idade entre 41 a 50 anos:, hoje. Na época de Berenice, a situação era muito mais questionável, vamos dizer assim. Mas, o importante é que a mulher vem conquistando o seu espaço gradativamente.

Maria, eu tenho algo a dizer a ti ” você venceu!”. Essa conquista é sua e, de certa forma, um pouco nossa também. Depois de ti, vieram outras Marias.

A Maria da Penha – é um exemplo da luta contra a Violência. Nós precisamos de mulheres que inspiram o mundo.

Por mais mulheres que sejam exemplo de força e ousadia. “

Que o seu exemplo Berenice, venha inspirar muitos outros nomes.

Eu me inspiro muito no que já li a respeito do seu trabalho.

Parabéns!

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Maria Berenice Dias/

https://metalurgicoscarlosbarbosa.com.br/ Blog

Santarém, Pá 1 de setembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Maria Berenice Dias

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: