Carlos Drummond de Andrade

Ardiloso sorriso alonga- se em silêncio Para contemporâneos e pósteros ansiosos, em vão, por decifrá-lo. Não há decifração. Há o sorriso. Carlos Drummond de Andrade ( Em: Farewell. Rio de Janeiro: Record, 1996 Imagem: Mona Lisa, ou “Gioconda ” ( Da Vinci) Wikipédia VEM comigo! Marii Freire Pereira Santarém, Pá 31 de março de 2020