Emoções Genuínas

A criança precisa ser livre, se assim, a permitirem para que esta, tenha uma infância saudável. Ela precisa sentir o gosto das coisas simples, como o da chuva. Ah!, menino conhece a cor, a temperatura, densidade, digo se o volume de água é mais concentrado ou é uma chuva fininha, mas, que se agiganta nos seus ombros. Quem teve uma infância simples, porém, cheia de emoção, sabe que tudo o que falo aqui, é resultado de emoções genuínas, de coisas que fazem parte de nossas descobertas primárias.

Todo pequeno é otimista

Quando criança, temos a impressão que Deus sorri pra nós. Apesar de um ser superior, Ele deixa a capa da diferença de lado e brinca entre todas as crianças. Deus é humilde, cúmplice de nosso sorriso.

Espírito aventureiro

De bizarrices a desculpas esfarrapadas e até ‘uns bons puxões de orelha’, quem nunca levou? Eu por exemplo, lembro-me de uma aventura interessante. Meu primo, veio me visitar na casa de minha avó. Moleque correria pra todos os lugares. O danado inventou de subir num pé de mamão. Havia um galho muito carregado de frutos. Só que nesse mesmo galho, cresceu um segundo, e eu disse que seria arriscado ele subir porque se acontecesse algo, eu não tinha como ajudá-lo. Subiu, simplesmente subiu. Resultado, escorregou e ficou preso entre os dois galhos de modo que não tinha como sair. Eu puxei o menino de tudo quanto foi jeito, ele já chorava e não conseguia sair. Pedia para cortar o outro lado galho para que ele pudesse sair. Eu dizia, não posso, se eu fizer isso, minha vó me bate. E nós começamos a chorar juntos, porque eu não conseguia tirá -lo daquela situação, mas não tinha como, entende? Era preciso cortar, mas se assim eu fizesse, levava uma surra. Até que pedi ajuda para o meu tio, que era irmão de vovó, e ele cortou. Aí ficou tudo bem. Depois, demos boas risadas por conta disso, como estou sorrindo agora, recordando.

Inocência

O bom de ser criança é que nós, conseguimos sentir o gosto da Liberdade entre os dentes […]. Parece que é a melhor fase da vida. Criança não amarela, se joga na aventura, depois olha para o mundo e diz ” vivi”. Corre num desespero de poder ganhar do outro coleguinha. Às vezes tem só o mínimo, mas não reclama da vida, se contenta com o pouco. Se alegra quando ganha um presente, e nem precisa ser de marca não. Ele só tem que marcar o seu coração. O sorriso é uma marca própria das crianças, como são gostosos. De sorrisos escandalosos à empurrões, arranhões, até ‘a pereba de estimação!’, a gente não esquece. Sabe o que é curioso? Observar como o tempo passou. As escolhas são maravilhosas, os banhos de chuvas ‐ e você não tem ‘ estórias ‘ pra conta?

Amadureça, mas guarde o melhor do que viveu, a gente precisa enfrentar a poeira grossa que vem pela frente, mas aquela do passado, enquanto corríamos descalços, essa fica guardada na memória.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Sheirsred.com

Santarém, Pá 6 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Emoções Genuínas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: