Relacionamento Abusivo

“O relacionamento abusivo se alicerça em cima de excessos. “

Falar sobre relacionamento abusivo é algo que cada vez mais, tem ganhado amplitude nos meios de comunicações e mídia de modo geral. A gente observar que esse tema tem sido alvo de muitas discussões nos últimos anos, principalmente por causa de situações que muitas vezes, acabam cooperando para verdadeiras tragédias, como é o caso do feminicídio. Muitas mortes poderiam ser evitadas se as pessoas além de perceber, não aceitassem conviver com certos tipos de abusos em suas relações. É importante ressaltar que, o relacionamento abusivo dar-se através da via emocional, ou seja, o homem ou a mulher que pratica o abuso, vai ter não só o poder, mas o controle sobre o outro. O relacionamento, assim como a qualidade deste, sempre estará comprometida por uma teia de manipulação e mentiras, ou pela maneira de como a outra pessoa enxerga o parceiro ou a parceira, por exemplo a questão do menosprezo. É bastante comum praticar o abuso atingindo a integridade do outro, ou as qualidades propriamente ditas. Vejamos, de repente, o comportamento do seu parceiro muda, ele então passa a desdenhar de você. Outra situação é a maneira explosiva de lidar com você, o distanciamento, o silêncio corretivo. Sim, tem pessoas tão abusivas que elas deixam de falar com você como uma forma punitiva. Mais uma característica, a domada de decisão sem consultar, ou levar em consideração os seus direitos. Há casais que definitivamente, não se respeitam, ou se fazer isso é no limite da relação que tem um com o outro.

O relacionamento abusivo dar-se através de muitas formas. Ao que parece, poucos são os momentos em que se consegue viver de maneira harmoniosa. Geralmente, o que se nota nesse tipo de situação é o desequilíbrio emocional que envolve a vida das pessoas. São relações conflituosas, diferente do que acontece num relacionamento saudável por exemplo, onde as pessoas procuram viver bem. No relacionamento abusivo, como próprio nome sugere, os abusos ocorrem com frequência, porque em muitas dessas situações há uma trama de mentira e manipulação que cerca a vidas dessas pessoas, principalmente da vítima que muitas vezes, não sabe com quem convive, mas imagina ser uma boa pessoa.

O enredo desse tipo de relação é visto como algo negativo; negativo exatamente pela questão de conter artimanhas ardilosas que visam obter vantagens de forma ilícita em relação ao parceiro ou parceira. Um exemplo claro do que estou falando é a questão da manipulação, e o que é justificado em nome dela. O abusador emocional ou de qualquer outra ordem, como dito anteriormente, tenta sempre obter algum tipo de vantagem, seja na maneira de agir ( conduta), onde este irá, lançar a culpa de suas falhas no outro, ou digamos que esse ” agir” é justo, e para tentar ” limpar seus rastros”, ele tenta se justificar de maneira não convincente, deixando nisso, uma suposta “saída” para resolver a questão, que é se livrando de você. Isso é muito comum dentro da violência psicológica por exemplo. Se você tem um parceiro muito ciumento e controlador, essa pessoa pode pode ser canalha com você, e através de um jogo de manipulação, lançar sobre você a responsabilidade que cabe a ele, acontece muito. Em grande parte desse tipo de relação, essas são atitudes que validam a maneira de agir desse tipo de pessoa, que não leva em consideração quem elas têm ao lado, mas só os próprios interesses.

” Pessoas manipuladoras são extremamente competentes no que fazem. Elas não erram como pessoas comuns e pedem desculpas. Pessoas manipuladoras, pecam por excesso daquilo que de errado cometem com as outras, muitas vezes objetivando um único desejo: o prazer pessoal. “

Muitas vítimas encontram em parceiros que elegem, não a proteção, não o amor, o respeito e o cuidado, mas um ser cruel que, as manipula, seduzem, e as usa a bel-prazer. Não diferente de um relacionamento doentio, o abusador emocional sabe como lidar com as vítimas que cativa. E por que ele sabe isso? Porque compreende que elas não oferecem resistência, que são frágeis e fáceis de manipular.

O recado que deixo a todas as mulheres é, não ame a quem não conhece, “não se deixe seduzir só pelo o que os olhos veem. Cuidado, eles nos traem”. Quando for se relacionar com alguém, procure conhecer essa pessoa, os hábitos, as atitudes. Tudo isso promove uma segurança a mais pra você. Se é alguém que você nota que os valores divergem dos seus, não entre de cabeça nisso, pois amanhã pode ser a fonte de dor e sofrimento. Cautela é uma palavra importante diante de qualquer coisa que você faça na vida, inclusive namorar e desejar construir uma relação sólida com alguém.

Marii Freire. Relacionamento Abusivo

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem ( Autoral)

Santarém, Pá 25 de janeiro de 2023

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “Relacionamento Abusivo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: