Clarice Lispector

No sábado à noite a alma diária perdida, e que bom perdê-la, e como lembrança dos outros dias apenas as mãos pequenas tão maltratadas.”

Clarice Lispector. (Laços de família 1960). Como descobrir e apreciar os aspectos mais inovadores de sua obra/ Emília Amaral. 1ed. Barueri, SP. Faro, 2017.

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. The New Yorker

Santarém, Pá 27 de Junho de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “Clarice Lispector

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: