Cecília Meireles

[…]

Mil galerias desabam;

mil homens ficam sepultados;

mil intriga, mil enredos

prendem culpados e justos;

já ninguém dorme tranquilo,

que a noite é um mundo de sustos.

Descem fantasmas dos morros,

vêm almas dos cemitérios:

todos pedem ouro e prata,

e estendem punhos severos,

mas vão sendo fabricadas

muitas alguém de ferro.”

Cecília Meireles. ROMANCE II ou Do ouro incansável. Romanceiro da Inconfidência. 13 edição. São Paulo: Global, 2015

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem : pinterest. Antonio Lídio Gomes

Santarém , Pá 28 de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: