VEM comigo!

Durante séculos, a sociedade nos ensinou que o sucesso de uma relação, de um casamento, ou do namoro só seria possível [se] a mulher tivesse total responsabilidade sobre este. Ainda que a mesma (vivesse em meio ao sofrimento). Diante da omissão e a falta de leis que protegesse os seus direitos, elas tinham que concordar com aquilo que aprendia com as mães.
Para viver um casamento ” feliz “, ela tinha que renúnciar parte de seus direitos para não perder o amor desse homem. Era comum por exemplo, as as avós, as mães passar para as filhas que estas, tinham que abdicar de muita coisa para viver com os seus maridos.
Se essa mulher sofresse maus-tratos, situações de violência, ela tinha que relevar. Era comum a mulher ouvir: ” minha filha, isso é cabeça quente do seu marido, logo passa”. Pois bem, dessa forma se fazia. O ponto de equilíbrio da relação era a mulher, ou seja, o que contava mesmo, era a maneira de como ela lidava com esse homem ( marido). Se submeter a tratamentos desrespeitosos, era a nossa missão. Afinal, cabia a nós o sucesso darelação.
Hoje, a mulher ainda vive presa a esses ” resquícios do passado). Só que ela não é obrigada a consertar o casamento, nem o homem. Mulher conserta homem? Impossível.
O sucesso da relação depende dos dois. Hoje o que vale é o quanto esse casal pode somar, “evoluir juntos’ e somar a vida a dois.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem & Criação: pensamentos.me/ VEM comigo!

Santarém, Pá 30 de Abril de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “VEM comigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: