Almeida Garrett

” Este inferno de amar-como eu amo!

Quem mo pôs aqui n’alma… quem foi?

Esta chama que alenta e consome,

Que é a vida – e que a vida destrói.

Como é que se veio atear

Quando – ai se há- de -ela- apagar?”

Almeida Garrett. Este inferno de Amar.

Pensador.com

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem & Criação: Marii Freire Pereira

Santarém, Pá 27 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: