Alphonsus de Guimarães

[…]

E como um anjo pendeu

As asas para voar…

Queria a lua do céu,

queria a lua do mar…

As asas que Deus lhe deu

Ruflaram de par em par…

Sua alma subiu ao céu,

Seu corpo desceu ao mar…”

Ismália. Alphonsus de Guimarães. ( in: Obra completa. Rio de Janeiro, Aguilar, 1960. p. 467). Literatura brasileira em diálogo com outra literaturas e outras linguagens. William Cereja e Thereza Cochar. Atual. São Paulo, 2013

Marii Freire Pereira

htttps://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Visão, de Ismael Nery ( Arquivo pessoal)

Santarém, Pá 16 de fevereiro, de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: