Cumplicidade com os passos

Não posso perder as lembranças.

Estas, apesar de do tempo

das terras por onde ando

me acompanham

mesmo sendo maltratadas.

Ando pensamentos adentro

Sonho aos poucos

E caminho na mesma lentidão

Alguns passos são incalculáveis

outros

alinho na ordem com que

a mente pondera

as vozes que possuo dentro de mim.

Consciente sigo caminhando,

calado, sei lá, mesmo confuso

Diante da brutalidade do mundo

Atravesso as tardes, noites, madrugadas

Vigiando os meus próprios limites,

é como acompanhar

cada personagem que representa

os meus sentimentos na longa estrada da vida

Às vezes sou assim, confuso, repetitivo, calado…

Esse andar cotidiano diz muito sobre quem sou

E como resisto as adversidades.

Andar é uma metáfora

é uma espécie de janela da imaginação.

Gosto de viver

Não me afasto do perigo.

Enfrento os infinitos ais.

Mas as possibilidades que tenho de recriar

a mim mesmo, é uma resposta espantosa.

Grande é a luta diante do medo,

No escuro só vemos maldade

Se eu não fosse doido

teria desistido de viver nos meus molhados silêncios […] Estaria escondido entre os escombros

Não! Você escolhe está vivo por conta própria

Não deixe os sonhos morrer

Pegue atalhos no infinito

Vá! Continue…caminhe.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Web. 500px.com

Santarém, Pá 20 de janeiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

3 comentários em “Cumplicidade com os passos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: