Hilda Hilst

No teu leito de lírios

Lambe- me o pelo

Agora reluzente

De remorsos de zelo.

Devolva-me a cabeça

(…) Rodeia-a de rosas

Como os humanos fazem

À guisa de louros

Com os seus mais preclaros.

Barganha-me nas feiras

Em proveito Teu: Mula que se fez musa (…)/ Na grande noite escura/ Do Teu riso.

Hilda Hilst.

http://www.impresso.diariodepernambuco.com.br

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Casa Vogue

Santarém, Pá 29 de outubro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: