O amor é uma escolha diária

Algumas pessoas dizem que amor é sorte. Acredito que não. Não existe uma loteria para o amor. Já tem aqueles que dizem que não devemos reivindicar atenção, fazer ‘esforço para caber no mundo de alguém “. Permita -me dizer uma coisa: ” Amor é um sentimento que precisa de ‘asilo ou lar’ , para ter condições de crescer. O amor está muito mais ligado a idéia de cuidado, prioridade, atenção e carinho do que qualquer alvoroço que as pessoas façam a respeito dele.

O amor é um sentimento que nos completa. Quem deseja viver os seus deleites, não pode se debruçar sobre o desejo de alcançar ou esperar que alguém venha até você. Não, amor é bússola. Na verdade, o amor nos estimula a sermos pessoas melhores. É por conta desse desejo de completude que ele nos faz querer encontrar alguém especial. E a medida que se encontra, passamos a sonhar com um projeto fundamental que é construir a idéia de lar com essa pessoa. Consequentemente, viver experiências prazerosas, ter segurança, objetos e tudo mais.

Amor é uma escolha diária. Você escolhe amar todos os dias, como? Quando você prioriza a pessoa que ama. Às vezes, teve um dia duro de trabalho, mas liga, conversa. O diálogo é extremamente importante para um casal viver bem. Ou chega em casa, conversa com quem você ama. A verdade é que não pode chegar, e ir descansar, dormir ou coisa parecida. Não, tem uma pessoa que passou o dia inteiro sozinha, portanto, ela quer conversar. Ela quer ter um pouco de você, sentir que você se faz presente na vida dela. Agora se só procura na hora da cama, coragem, meu amigo, mas o negócio vai virar pparanóia E aí, os confrontos, podem ser agressivos. E diante de uma atitude agressiva e inesperada, pode-se ter atitudes que destruam de vez esse amor. O Kante tem uma frase que diz assim: ” a paciência é amarga, mas seus frutos são doces”. Muitos querem colher bons frutos, mas o resultado dessa colheita vem do cuidar, do preparar o solo, regar e observar se esses frutos estão se desenvolvendo de forma saudável. No amor não é diferente.

Os maiores desacreditados no amor, são justamente aqueles que fracassaram. Às vezes, muitos quiserem só a docilidade que existe nele, mas não ficaram atentos a parte mais importante, que no caso, é o cuidar. E quando você não oferece tudo isso, se tem o quê? O desamor. Acredito que a sensibilidade de cuidarmos desse sentimento para que ele seja inteiro, todos temos. Errar todos erram. Todavia, procurar corrigir algumas atitudes, é sempre muito interessante. Cada homem, cada mulher apaixonado, tem esse entendimento. Não basta desejar. O parceiro ou a parceria ideal somos nós que fazemos.

Amor é cuidado. Eu arrisco mais, para se ter amor é preciso existir uma certa singeleza, ingenuidade, leveza no cuidar do outro. Pode parecer tolice o que digo, mas se levá-lo ao extremo, ele acaba. A única possibilidade de sucesso é saber cuidar…diariamente.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Em caso de ternura, não deixe por menos, Revide. Sueli Matchi

Santarém, Pá 23 de outubro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: