VEM comigo!

Demorar-se nas miudezas

É fazer com que a vida

seja descortinada suavemente.

Um desejo,

Uma razão talvez,

Faz-nos despertar para o prazer…

É como se nos pequenos desejos,

Pudéssemos recompor gratuitamente toda miséria da vida.

Poeticamente,

É como se final da tarde,

pudéssemos deitar os olhos sobre a fuga do dia e ficar satisfeitos com a sua plenitude.

Cheios de esperança,

Olhar para o horizonte e render-nos ao milagre de nossa própria fuga.

Ah… doce redinção que nos faz ser contrários aos nossos próprios caminhos!

Caradagem dos olhos,

Que nos fazem polir os pensamentos cuidadosamente.

Segue o rio, e com ele os pedaços de nós!

Marii Freire Pereira

Imagem: Marii Freire Pereira

Santarém, Pá 5 de setembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: