Não se sinta uma pessoa derrotada

Por vezes na vida precisamos reunir o que há de melhor em nós, para ter a capacidade de enxergar a beleza do que nos projeta por dentro como pessoas.

Crescer, requer maturidade, inteligência e generosidade. Generosidade, antes de mais nada, precisamos ter com aquele que nos tenta nos proteger, e ao mesmo tempo, mais fere ‘o eu. Em geral, descrevemos o outro como culpado, a dor por vezes, vem da forma de como, alguém nos trata. É ação do outro que invade o nosso território. E quanto a nós? Estamos ausentes dessa couraça que nos protege? A decepção parte de onde? Não é das duas partes? Ninguém errar sozinho. É por isso que é difícil nos libertarmos da culpa. Pessoas sensíveis são muito mais atingidas pelo sentimento de culpa do que aqueles que têm uma postura mais firme.

O mecanismo que acaba fazendo a diferença neste caso, é descobrir o que afeta com mais facilidade essas pessoas, e depois fazer com que elas mesmas, sejam capazes de superar essas dificuldades. Talvez, a condição principal aí, seja a palavra ” permitir”. Permitir é sempre um passo importante, porque ao fazer isso, estou me libertando do peso insuportável das pressões de outrora.

Todavia, esse permitir não é um processo tão fácil, pelo contrário, é um tempo de preparo, de reavaliar o que nos inspira, o que faz a vida ter graça, e assim, ir em busca da solução [ ainda que meio de nossas derrotas]. É “a mesa-redonda do eu, comigo mesma”, onde se tem o prestígio de gerir todas as possibilidades produtivas de nossas idéias. Claro, muitas permeadas de respostas cítricas, idéias negativas. Mas com a real necessidade da palavra ” superação “.

Superar é preciso. Assim como, também é preciso dizer que diante de nossas crises, uma coisa ajuda bastante promover essa mudança – não por a culpa em nada – Simplesmente, se procura olhar para o horizonte e acreditar que nesse processo entre eu e ele, o primeiro passo se sustenta na esperança!..

O sucesso de nossas escolhas, depende de nossas ações. Portanto, feridos ou não, deixemos as lamentações para trás, e avancemos em busca de novas estações (…) novos motivos para sonhar.

Dedique-se mais!..

” Toda tarefa difícil exige treinamento. Por isso, à cada dia, faça do medo um degrau para a superação. E da timidez, o impulso para exaltar a sua própria grandeza. Acredite: você vai longe!”.

Marii Freire Pereira

Imagem: Pinterest. Happiness is

Santarém, 24 de Julho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: