Várias Respostas

As várias respostas de que precisamos, muitas delas, encontram-se dentro de nós. Aliás, as respostas estão todas por dentro de nós. Só não as encontramos porque muitas vezes, não sabemos coser os fragmentos da vida.

É triste notar a necessidade que a maioria das pessoas têm para refletir acerca de seus problemas. A maioria, prefere algo pronto, ‘ mastigado’, do que ter que buscar isso de forma plena, sendo verdadeiro consigo mesmo. Em geral, quando estamos diante de situações assim, é preferível culpar alguém do que enxergar o defeito em nós.

Observar é importante. Observar é tão necessário que, as vezes no silêncio, nos tornarmos figuras patéticas, e nos perguntamos: como procurar respostas aonde ela não existem? Como fugir no momento em que estamos ansiosos, por exemplo? Por que pegar caminhos secundários? Que mania é essa que o homem tem de se ” abandonar”, nos momentos mais importantes, quando deveria ser honesto consigo mesmo? Quem lhe ensinou que a vida pode ser melhor dessa maneira? Não sei. Mas, a vida não acontece dessa forma, todos nós, temos problemas. Portanto, mais do que tê-los, é preciso silucioná-los, não entregando o peso da responsabilidade para as outras pessoas, mas para nós mesmos. Não se pode viver em meios aos desenganos sem tirar uma lição de cada aprendizado. Até o pior livro que lemos, tem uma lição a nos ensinar. Por isso, é preciso pegar essas informações e usá -las ao nosso favor. Digo: as respostas que são boas e aquelas que nos decepcionam, devem ser justas da mesma maneira.

Na vida, ao invés de valorizar as experiências negativas, temos que ter a inteligência de reeditar essas experiências de modo que podemos somar, para depois subtrair as respostas daquilo que precisamos saber. E aí, é que o silêncio é importante, sobretudo, porque é somente através dele que chegamos a essas respostas.

[…]

Muitas vezes, o silêncio é o tempero da tolerância, até aonde posso ir, até quanto suporto, até quando sou capaz de paciência? As nossas dúvidas são cruéis, elas violam, entulham a nossa memória com coisas que vai pouco a pouco nos sufocando. E o prejuízo? Certamente, é o que nos fere, machuca e o que também, nos deixa um aprendizado. O nosso maior desafio é não nos torna reféns, é não deixar nos escraviza. E por que? Porque os problemas nos consome, e aí afirmo: não suportando toda essa carga negativa, a gente vai adquirindo outros problemas, ou seja, é uma conta que nunca fecha, porque não pensamos como deveríamos pensar realmente.

A memória é algo extremamente delicado. É nela fica o registro das coisas boas e ruins que vivemos. E o que interessa disso tudo? É que ela é um lugar onde você deve se aprimorar na arte de pensar, pensar em vencê-la, vencer as suas dificuldades, principalmente as interpretativas. Muitas pessoas dizem que a memória é um campo de batalha, ou voce aprende a super os conflitos da mente ou é facilmente digerido por eles. É por isso que devemos ter aptidão, sermos caoa6de explorar o lado saudável, dos nos conflitos, dos nossos traumas, porque isso sim, implica no nosso comportamento. É só através dessa forma de saber interpretar, que se chega as respostas de dentro (…), essas que que não as encontramos nos livros, nem no conhecimento de mundo!..

A verdade é que existe saída pra tudo. Isso está, ligado ao autoconhecimento, existem uma centena de receitas prontas que falam a respeito disto por aí. Acredito que tudo que nos ilumina, serve de alguma forma para melhor o nosso aprendizado, é válido. Agora, quando a resposta que você procura for íntima, ela vive em você, basta refletir. Se esse é o seu problema, pense.

Boa sorte!

Marii Freire Pereira

Imagem: Pinterest. What if winter is nota a place outside

Santarém, Pá 1 de junho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Várias Respostas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: