Djavan

Assim que o dia amanheceu

Lá no mar alto da paixão

Dava pra ver o tempo ruir

Cadê você que solidão!

Esquecera de mim?

Enfim, de tudo o que há na Terra

Não há nada em lugar nenhum

Que vá crescer sem você chegar

Longe de ti tudo parou

Ninguém sabe o que eu sofri

Amar é um deserto é seus temores

Vida que vai na sala dessas dolores

Não sabe voltar, me dá teu calor

Vem me fazer feliz porque eu te amo

Você deságua em mim, e eu, oceano

Me esqueço que amar é quase uma dor

Só sei viver se for por você!

Djavan. Oceano. Panoramio.com

https://m.letras.mus.br

VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Imagem. Pinterest

Santarém, Pá 30 de junho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: