Amor

Amor, ou ” amore” como se costuma dizer em latim. O que é amor, o que é amar uma pessoa? Primeiramente, amor é a afeição que tenho por outra pessoa. Essa afeição nasce a partir de um conjunto de características que me é própria. Por exemplo, quando olho para alguém e essa pessoa me desperta um certo encantamento, ou seja, um interesse. Eu, certamente vou fazer de tudo para chamar a sua atenção, não vou? Sim, e ao lançar o olhar, juntamente com carinho, com pureza e docilidade sobre a outra pessoa e ela sendo capaz de corresponder com uma concordância silenciosa, é sinal de que houve essa troca de interesse mútua. Claro, tímida, porém sentida, manifestada, ou seja, há essa troca afetuosa e ao mesmo envolvente. E aí, sob essas condições que há a manifestação do amor, é que voi fazer de tudo para provar do seu deleite.

É evidente que, quando se fala de amor, existem outras formas para definir esse sentimento, porém, essa manifestação da vontade tem que ser espontânea. É como disse, tem que haver uma troca mútua, afetuosa. Isso é o que se chama de amor verdadeiro, ou seja, aquele que vem desprovido de interesse. Todavia, tem o amor que essa afeição vem acompanhada do interesse sexual, mas nesse caso, já parte para outra concepção que designa esse sentimento. Portanto, não irei abordar. Falarei do amor no sentido maior, esse que é naturalmente gostoso, no melhor sentido da palavra.

Amor é um estado de graça, onde esse sentimento só pode ser construído dentro de uma realidade subjetiva, com sobretons nostálgicos. Você pode notar que entre os casais apaixonados há toda uma troca, há um cuidado o tempo inteiro. Então, pode-se dizer que, o amor pessoa pela linha tênue da emoção de modo, a alcançar a lucidez ali, dentro de sua própria fonte. Digamos que os casais apaixonados, vivem um absurdo utópico dentro de si mesmo. Por isso é que chega um determinado momento em que o amor não é capaz de ouvir mais nada, a não ser a si mesmo.

É lindo notar essa troca recíproca entre as pessoas que se ama. E o amor é uma coisa tão absurda, que você nota aquele sentimento vindo de dentro pra fora de modo autoritário. A impressão que se tem é que ele perpassa a linha o tempo.

[…]

Às vezes, ele é expresso tão poeticamente, que a sua essência acaba deixando reticências no imaginário de outras pessoas. Amar é uma maravilha, e ser amado é melhor ainda. É evidente que o amor tem as suas inquietações, mas o amor verdadeiro, é uma doação. Você tem que dar para tê-lo em troca.

Podem -se afirmar que no amor, há sucesso e há fracasso. Ele só cresce a medida em que você se dispõe, e se por acaso, se tornar negligente com os devidos cuidados ele vai sendo desgastado pelo tempo. O Amor que caminha só fracasso começa com as mentiras, os esquecimentos. Isso caracteriza a primeira a primeira forma de abandono. Todavia, o movimento do amor é sempre voltado para o resgate genuíno dele mssmo. Se há um cuidado especial, ele lindo, sorridente como uma criança que anda descalço.

[…]

O amor não muda com o tempo. Você nota que existem casais que estão juntos há anos, mais cultivam os mesmos valores. Talvez o que mude para muitas pessoas é a forma de amar. O Amor tem a sua desenvoltura própria. Se deixamos de perceber isso no momento certo, não tenha dúvida, ele caminhará ao fracasso. Então, terás que sonhar um novo amor.

Marii Freire Pereira

Imagem: Google

Santarém, Pá 7 de abril de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: