Construindo caminhos

A vida é um eterno processo de construção. Às vezes, há tantos caminhos a serem percorridos que não damos conta. Todavia, devemos compreender que não é o caminho que é mais importante, mas quem caminha nele.

[…]

É bonito olhar o ser humano assim, vivendo os desafios dessa criação diaria, sendo autor da própria historia, dentre outras coisas, permitindo- se florescer em meio às mudanças, recepcionado o novo significado que a vida pouco a pouco, vai lhe permitindo conhecer…’construir’. É o ser humano em construção! Aquele que aprende a resignificar a vida.

Você observa que nesse processo de mudanças, independente de estarmos preparados ou não, simplesmente tudo acontece. A priori, você imagina que a vida nos empurra ( direciona), rumo ao desconhecido, muitas vezes, sem aquele tempo de preparo, que é tão precioso para termos a capacidade de lidar melhor com o futuro. Se caminha, mas existem as dúvidas, os meios impeditivos, que nos distância da realidade. E principalmente, medo do fracasso. Imagino que a maior dúvida do ser humano, não seja o caminho a escolher, mas o medo.

Essa é a razão de tantas pessoas ‘temer’ o futuro, ou seja, o medo. O medo está ligado ao despreparo, as novas perguntas, as descobertas, as preocupações que elas trazem. O medo paralisa as pessoas, as impedem de seguir. Talvez isso aconteça porque a maioria não sabe administrar as próprias emoções, a forma de pensar, e como agir diante dos desafios, muitas acabam tomando-se reféns de si mesmo. Não saem do lugar

[…]

Raros são aqueles que não sentem medo. Aqui, não diria que até o mais preparado não sinta medo, sente. Todos sentimos. A verdade é que, diante de qualquer descoberta, é natural sentir um certo desconforto. Agora, tem aqueles que realmente ” reconhecem-se”, dentro de suas contradições, de sua realidade, sabem melhor do ninguém que o processo que nos leva a transformação, “evoluir “, como pessoas, é duro. E a medida que essa dureza os exigem, eles assumem uma postura autêntica que dentre outras coisas, os aproxima cada vez mais desse processo de libertação que o ser humano precisa conhecer, independente do preparo. Diria que a realidade não os cega, ou seja, não lhes tira o gosto pela vida, mas acrescentar.

[…]

Superar as nossas próprias contradições, é fundamental para reconhecer os nossos próprios limites . Você só precisa saber que caminho seguir. Não queira, talvez por curiosidade, ou esperteza ‘abracar muitos’, pois ficará sem um norte, e será vencido pelo cansaço. Queira aquele que você sabe que lhe lhe conduzirá ser uma pessoa melhor. Se souber fazer a escolha certa, sempre sentirá refrigério na alma. E a alma aqui, conta mais do que qualquer outra coisa. Eu sei que é…capaz.

Você pode!

Marii Freire Pereira

Imagem: via Facebook

Santarém, 29 de março de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Construindo caminhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: