Um amor pra chamar de seu

Todo mundo deseja encontrar alguém especial, alguém capaz de mudar o mundo a sua volta, de oferecer no dia a dia, mais do que palavras. Melhor, alguém que lhe cubra de cuidado, carinho e proteção. Que abrace forte ao ponto de fazer aflorar o que há de melhor em você, ou seja, os sentimentos, porque amor é troca, complemento.

Esse alguém tão perfeito existe?

Você já passou por tantas decepções amorosas que deve achar que a romântica sou eu, não é? Sim, esse alguém existe, porém depende da forma de como se procurar. Você não vai encontrar amor nos braços do carinha que conheceu na noite anterior naquela festa especial. Você pode até encontrar, dependendo da química entre vocês, tudo é possível. Mas, o que quero dizer é que amor não vem pronto, somos nós que construímos. São os detalhes que contam na elaboração, ou seja, na construção desse amor. É o tanto que você faz, e o tanto que você consegue doar ao outro que conta. É o tempo, a qualidade deste, é a disposição do casal que faz toda diferença nessa fase inicial, que pode se estender por um longo período até amadurecer os sentimentos, e cada um saber se a relação tende a ir para um lado ou para o outro, se vira algo sério ou parte para uma amizade.

Amor verdadeiro chega quando?

O amor não tem um tempo certo para chegar na vida de ninguém, ele acontece na medida em que você se disponibilizar a isto. Às vezes, você está calma, linda e feliz, ou desacreditada de tudo e ele chega. Não há um prazo fixado, simplesmente acontece.

Parceiro ideal

O parceiro ideal é aquela pessoa que vai te trazer segurança, ser antes de qualquer coisa na sua vida, amigo. Depois virá o amante, e até a fase rabugenta. Sim, o pacote é completo.

A pessoa ideal, necessariamente não existe. Vamos logo, acabar com essa idéia ingênua, mas alguém que goste realmente de você vai te conquistar por uma série de coisas que ele faça e corresponda os seus anseios, as suas faltas, as suas necessidades. Essa pessoa que você procura, ela te causará a melhor sensação de conforto possível.

Na fase em que você era criança, lembra daquela amizade bacana que você tinha? Na nossa fase de criança, sempre tem um coleguinha que causa uma boa impressão em nós, que nos faz sorrir, que é aquele amigão mesmo, lembra de como você sentia falta dele (a), quando não quando podia brincar? Pois é, essa sensação de conforto de que tudo está bem, vem lá da nossa infância, é o inconsciente coletivo que guarda a referência de pessoas que foram especiais para nós. Então, a medida que se cresce e chega-se na fase adulta, a mente procurar encontrar tudo isso novamente num parceiro, ou seja, ela busca todas essas informações no sentido de suprir uma necessidade, no caso, a sua.

Eu acredito que você esteja em busca de alguém especial ou se encontrou, melhor ainda, porque é meio caminho andado para essa construção de felicidade que você busca encontrar ‘ parte ‘ no outro. Sim, porque felicidade é algo particular, é nosso. O outro chega em nossa vida para complementar. Portanto, se você já tem essa pessoa, aproveite cada instante para namorar, dar prazer, ser generoso dentro da cumplicidade de cada um. Amor é isso, é saber desnudar um ao outro, não tirar somente a roupa, claro, isso conta e é gostoso, mas desnudar alma, e promover o riso pelo avesso

[…]

O amor, como diria o poeta Carlos Drummond de Andrade: ” O amor é um sentimento que nos deixa ofendidos de felicidade “.

Texto publicado por: VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Imagem pública

Santarém, Pá 11 de março de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: