Solidão.

Eu poderia começar falando a respeito de solidão como algo negativo. Pegar a imagem de uma pessoa solitária e inserir aqui, como forma de chamar a atenção. Mas, escolhi uma janela por acreditar que os nossos pensamentos podem ser reeditados para que se possa alcançar uma nova forma de realidade.

Essa interpretação de que solidão é algo que asfixia a alma, nos tornando incapazes, é uma idéia que pode servir de carrasco para alguns. Talvez, para aqueles que intetelectualmente não se sintam capazes, ela possa parecer um monstro. Já para os que valorizam essa forma de liberdade é muito boa, porque a idéia de solidão faz com que o individuo alcance uma realidade interior, nunca alcançada por exemplo, se ele estivesse rodeado de pessoas.

A maior dificuldade para lidar com pensamentos negativos, talvez em relação a isso, seja o desprezo ( o que causa fobia), mas não é necessariamente, esse o caso. Quando se precisa tomar uma decisão importante se afastar de pessoas, de barulho e tudo o que atrapalha, e ficar um pouco ‘enclausurado’, digo pouco, fazendo referência, ali por um determinado tempo consigo mesmo, para dessa forma, trazer a realidade as respostas às quais se precisa. A solidão, diria que é como uma espécie de faxina mental que implica interferir num espaço totalmente ocupado, porém sem serventia. E o reorganizar da mente começa por essa liberdade de se desfazer daquilo que ja não tem o porquê de se fazer presente, e fica na mente como uma espécie de obstrução naquele espaço, causando as vezes até depressão, fazendo com que se tenha neuroses. A mente é isso, ela acaba tendo esse poder de trabalhar o lado ruim, as vezes, torna-se doentia. Ppr isso, é esse espaço reservado as nossas interrogações.

Todavia, é importante que não nos tornemos reféns das circunstâncias, bem como, pensamentos cativos. Não, a solidão tem um poder criativo, onde dependendo da situação ela funcionar como um estimulo para se produzir. Você pode observar que os grandes intelectuais, eles precisaram e souberam usar a solidão como uma grande aliada para alcançar as suas construções intelectuais. Então, se olhado por esse ângulo, ela vem como forma de subsidiar determinada necessidade. É bom, um pouco de solidão sempre faz bem.

A janela, no caso, vem como essa possibilidade de nos voltarmos ao novo para que esse possa adentrar na mente e se manifestar através do nosso comportamento.

Imagem pública

Texto: Marii Freire Pereira.

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Solidão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: