Livro

Quantas coisas boas cabem num livro? Cada leitor, quando os lê, tem a sua própria construção na maneira de dialogar com a história escrita. Se pode fazer a viagem que quiser, encontrar beleza na paisagem que criar, se comunicar na sua forma mais profunda e particular com os textos que aguça toda uma sensibilidade. Podemos ler, ver, imaginar, ouvir. Tudo depende do olhar, da percepção crítica, do que se consegue flagrar nas entrelinhas. Você percebe como uma leitura pode ser sempre muito prazerosa? Em tempos globalizados, quem mantém esse tipo de construção mais íntima com os livros, é um ser privilegiado, porque em meio a tantas informações, se você ainda é capaz de recorrer a essa forma mais profunda de leitura que é: pegar um livro físico, tocar, sentir o cheiro, sublinhar o que salta os olhos, certamente você é um leitor de ontem, revestido de bom gosto de hoje, digo “da atualidade”. Você pode extrair o melhor de um livro como, ter a sensação de assistir um filme, ouvi uma música, visita museus, participa de peças teatrais. E o melhor, o livro além de caber muitas histórias, é também uma forma de viagem mais acessível para muitas pessoas.

Adote um livro. Melhore a sua leitura, vocabulário e argumentação. Além deste ser uma boa companhia, um livro é capaz de fazer surgir sentimentos verdadeiros, e nos privar de isolamento e solidão.

Marii Freire. Livro

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem:pinterest/BuzzFeed

Santarém, Pá 10 de dezembro de 2022

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

3 comentários em “Livro

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: