O amor é singular

” O amor é singular,

Alheio aos corações imperceptíveis

Perene “aos amantes de sua ordem…”

O amor é propósito

Luz

Esperança

Mistério

E tem como cláusula pétrea a felicidade.

Livre

Como pássaro que voa sobre o mar

Enxerga o profundo e o suave

O sublime e o imaginário.

Delícia contemplativa…

O amor é o bálsamo derradeiro

Que desnuda o espelho da alma.

Tornando-se asilo a calmaria final de nossa desordem.

Sublime em sua própria condição,

O amor é oceano de vida

Memória

Fantasia

Que perde-se

E acha-se em si mesmo.

O amor é poesia suave

Vento sussurrante!..

Que sem alarde,

Nos descobre e reveste de sua própria consciência.

Marii Freire. O amor é singular

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Vânia Yasmin Silveira

Santarém, Pá 31 de julho de 2022

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “O amor é singular

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: