Marii Freire Pereira

Deixo aqui, os votos de um dia especial a você que é mãe- filha, filha e mãe, avó e mãe, ou simplesmente ” pae “. O importante é de alguma forma, você ter conseguido suprir essa necessidade voraz de oferecer amor a si e aquele que é parte de você, que é um filho. Um filho é uma referência valiosa sua, e que fica como pagamento da vida para o dia seguinte. A verdade é que, você não seria mãe, se a a vida não tivesse a necessidade de seguir adiante.
[…]
A maternidade é talvez, uma das ” obrigações ” que traz alguma forma de ” recompensa ” ela ” ajusta” o pagamento que você tem com a vida. A maternidade é uma espécie de contrato que nos favorece. Sim, porque se você bem observar, ainda que a vida finde, e ela finda mesmo a todos nós, você como mulher, continua viva através dos seus filhos/ filhas. É o mérito dos seus processos ao transitar de forma automática em todo tempo que vives e acumula experiência.
Bem, alguém dirá, mas você fala a respeito da decência! É preciso que venha os filhos. Pode parecer, sim. Mas são situações distintas. Ser mãe é uma obrigação como disse anteriormente. Quem se nega a não deixar descendentes, é julgado como quem viola um direito. É como se, a vida não tendo continuidade, simplesmente viesse a sucumbir. E eu confesso que discordo disso. Voce até pode sucumbir em relação aos filhos legítimos. Mas existem muitas outras formas de ser mãe. E mãe ” é mãe ” em qualquer situação. Uma mulher sempre será mãe de uma criança, de um bicho de estimação, a mãe na certidão de nascimento, numa fotografia, numa memória repleta de lembranças…
Seja la lá qual for a história, sem a figura da mãe, ela não existe. Mãe é um contrato celebrado, cheio de responsabilidades, com prejuízos causados pelo cliente que carrega um vínculo biológico, mas acima de tudo, com “um amor indizível…”NÃO HÁ AMOR MAIOR que o amor de mãe!❤.

Feliz Dia das Mães!

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Santarém, Pá 8 de maio de 2022

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

7 comentários em “Marii Freire Pereira

      1. Feliz Dia das Mães, Silvana. Eu compreendo o que fala. Acredito que, de todas as obrigações que a mulher tem, a maternidade tem lá o seu bálsamo. São pelos filhos que fazemos muita coisa.

        Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: