Álvaro de Campos

Lisboa com suas casas

De várias cores,

Lisboa com suas casas

De várias cores,

Lisboa com suas casas

De várias cores…

A força de diferente, isto é monótono.

Como à força de sentir, fico só a pensar. (…)

Fica só, sem mim, que esqueci porque durmo,

Lisboa com suas casas

De várias cores.

Álvaro de Campos. Poema Lusboa com suas casas.

https://www.ebiografria.com

Imagem: pinterest/ Portuguese Lab

Santarém, Pá 3 de maio de 2022

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “Álvaro de Campos

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: