Carlos Drummond de Andrade

[…]

Dentro de mim, bem no fundo,

há reservas colossais de tempo,

futuro, pós-futuro, pretérito,

há domingos, regatas, procissões,

há mitos proletários, condutos subterrâneos,

Carlos Drummond de Andrade. A Rosa do Povo. 1945. São Paulo.

janelas em febre, massas de água, salgada, meditação e sarcasmo. “

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Mfabiorodrigo

Santarém, Pa 31 de dezembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Carlos Drummond de Andrade

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: