Só você pode percorrer o caminho de suas escolhas

Às vezes a gente percorrer caminhos errados para viver. Errados não no sentido de ser escolhas que possa trazer algum constrangimento. Errado porque você não se coloca em primeiro lugar, mas porque se coloca como o último a fazer algo por si mesmo. Quer um exemplo do que falo? Se o seu telefone tocasse agora, e fosse alguém importante pedindo para você fazer um favor, você faria? Faria, certamente.

Em grande parte, conduzimos a nossa vida através de caminhos que nos levam a cometer erros irreparáveis com nos mesmos. A gente se negligência o tempo todo. Simplesmente, negamos a nós mesmos, a necessidade de se priorizar. É comum se fazer pela mãe, pelo irmão, pelo cunhado, o amigo da faculdade ou alguém que vem bater no seu portão. Agora se você é capaz de atender as suas escolhas de forma imediata, é? Mais do que isso, pergunte a si mesmo, se você é capaz de atender os seus próprios pedidos, as suas reivindicações diárias de forma imediata. Não é, isso eu posso te assegurar. Você atende o outro, porque compreende que existe muito mais a fazer por um miserável do que por você.

É comum estarmos em casa e o telefone tocar. De repente, aparece alguém dizendo algo que soa como uma ordem de emergência, coisas como: ” você pode ir pegar ” fulano” hoje às 2:30hs em tal lugar pra mim? Você tem até outras prioridades, mas por ser uma pessoa que você tem consideração, você faz o que? Vai. E a suas prioridades, o que você tinha planejado em fazer, o que vai acontecer? Você vai deixar para uma outra ocasião. Afinal, alguém tem urgência que você faça isso por ele. Você compreende como na somatório da vida, você faz mais pelos outros, do que por você mesmo? Esse é o erro. Você tem responsabilidade na sua escolha, mas deixa de viver a própria vida, só para ser útil a alguém que pode muito bem se virar sozinho. O problema é que se você não fizer, automaticamente, aparece o sentimento de culpa. Você tem que fazer por você, porque nem sempre, o outro vai sentir que ” faltou” na sua vida, quando deveria estar presente.

As nossas escolhas são como caminhos “estão abertos a nossa frente” mas por algum motivo, muitas vezes, ou situações adversas, você acredita que é o outro que merece que você faça por ele? E por você, Quem irá fazer? Você acha que no final da vida, irá receber um prêmio por tudo que fez pelas outras pessoas? Não vai. Só há uma vida!.. É preciso viver e desfrutar o pouco que resta dela, sem culpa, sem remorso. Do contrário, você sempre será aquela pessoa que não sabe dizer não. Que é prestativa, mas por dentro, existe um rombo que nunca será quitado.

” Os dias passam, e se você não vivê-los como tem que ser, no final da vida, só terá o que lamentar”

Procure viver, isso é o mais importante. Acredite: a vida é igual para todos. Há situações que não se pode retroceder. Então, antes de viver de lamúrias num futuro próximo, procure ” aparar as arestas que precisa” enquanto é tempo. Entenda que você só tem responsabilidade sobre si, não sobre o outro. O resultado de suas escolhas condiz com o estado de satisfação que aparece no seu rosto. A única responsabilidade que você tem é consigo. Procure viver pra você. Se coloque em primeiro lugar da sua vida. No final, é só você com você. Não viva para agradar a quem.

Seja a sua prioridade. Se coloque diante da vida como o centro, não como extremidades. A vida passa de forma breve. Portanto, ela tem que ser maravilhosa, e proporcionar ” paz” diante da sua capacidade de descobrí-la.

Pense nisso!..

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: Bio Parque/ Rio de Janeiro/ Marii Freire Pereira

Santarém, pa 16 de dezembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Só você pode percorrer o caminho de suas escolhas

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: