Dia Mundial de Luta contra a AIDS

” Só em 2020, 410.000 jovens entre 10 e 24 anos foram infectados pelo HIV”, dos quais 150.000 eram adolescentes entre 10 e 19 anos. [ UNESCO BRASIL]

Esse 1° de dezembro vem alertar a sociedade sobre importância da Luta contra a AIDS. É uma data escolhida pela Organização Mundial de Saúde ( OMS) desde 1988 no Brasil e tem o objetivo de chamar atenção da sociedade, não só para o problema, mas também para tentar diminuir o preconceito que muitas pessoas sofrem por conta da doença. A data simbólica representa um grande passo pela conquista do respeito, assim como, reforça a questão da tolerância com as pessoas infectadas pelo HIV.

A Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, que pode ser transmitida não só por sexo, mas também transfusão sanguínea e objetos perfurocortantes. É importante dizer que não se pega Aids por abraços ou aperto de mão.

O HIV/Aids é uma doença que dar-se através da transmissão sexual ( oral, vaginal e anal) sem a devida proteção e, ataca o sistema imunológico. O intuito maior desse 1° de dezembro é levar a informação a sociedade como forma de ajudar a esclarecer possíveis dúvidas, incentivando a questão da proteção, e lembrando que o compromisso, assim como, a responsabilidade dessa luta é de todos.

A conscientização é fundamental para lidar com o problema. Hoje, as pessoas infectadas têm uma melhor qualidade de vida. O Brasil avançou muito na questão do tratamento. Há também a distribuição gratuita de medicamentos. Na verdade, em 1991, começou-se a comprar medicamentos antirretrovirais para que pudesse haver a distribuição gratuita para as pessoasque precisavam deles. No ano de 1993, o Brasil deu um passo importante que foi começar a produzir coquetéis (AZT). No ano de 1996, criou-se a lei para os pacientes receberem esses medicamentos de forma gratuita e dessa forma, muita gente tem conseguido levar uma vida com menos complicações.

Quanto mais informação e proteção”, mais as pessoas se cuidam e protegem a quem ama

É importante ressaltar que não se morre de Aids; morre-se de complicações causadas por doenças oportunistas. Diagnósticos precoce ajudam na indefinição da doença. Quanto mais você se preocupar com a sua saúde, mais, você terá a consciência de fazer o exame e tirar as suas dúvidas.

Diante dessa realidade, não se pode brincar. Não é só uma questão de falta de informação, a Aids também é uma questão de consciência “

Há um número preocupante com os jovens, por conta da falta de esclarecimento e possível atenção em relação ao problema. Só para você ter uma ideia, isso não é só um problema relacionado ao jovem como mostra os números no início do texto. Ao contrário, há uma preocupação muito maior que é a negligência de todos diante da Aids no Brasil, em 2018 havia cerca de 37,9 milhões ( 32,milhões – 44, 0 milhões) de pessoas vivendo com aids, conforme afirma o site (mundodaeducao.uol.com.br). Parte do problema, não é percebido no início, ou seja, a pessoa muitas vezes não sabe que tem Aids. Ela só descobre isso anos depois. Muita gente só se torna atenta a situação quando começa aparecer, febres, erupções cutâneas e outros sintomas. Por isso é importante lembrar de se cuidar o quanto antes. E nunca abrir mão do preservativo durante a relação sexual porque é ele que ajuda prevenir não só uma gravidez, assim como as doenças sexualmente transmissíveis.

Cuide-se!!

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest/Lumini RH – Recursos Humanos é Facilities

Fonte:

https://mundoeducao.uol.com.br

UNESCO BRASIL/ Página do Facebook/ Meta

Santarém, Pa 1 de dezembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “Dia Mundial de Luta contra a AIDS

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: