Não a Violência

A violência sempre começa de uma maneira muito suscita. Primeiro, ela surge com uma palavra, depois um empurrão. No outro dia, aparece um hematoma, compreende? Esses processos vão evoluindo devagar. Um belo dia, acontece o pior: “matei porque ela me provocou.” Ora, eu sou homem! E como tal…mereço ser respeitado. “O respeito”não deve ser usado como parâmetro para se justificar a brutalidade em si, ou no caso, a violência

“Violência quando não trata logo de início, evolui para feminicídio.”

Marii Freire Pereira.

https://pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem ( Arquivo pessoal)

Santarém, Pa 23 de novembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Não a Violência

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: