Esperança

A preciosidade da vida reside em tirar proveito dos momentos acolhedores oferecidos por ela.

A cada minuto, você pode aproveitar. Pode buscar viver o melhor, pode resgatar o que a memória permite, pode ouvir uma canção suave, pode se acalmar ouvindo o barulho da chuva, chorar por uma causa, por amor ou quem sabe pela visão boa que ele deixou em você. Para isso, busque um motivo, uma razão, tire proveito de algo especial, porque o sublime mora nas suas preces – e só você tem o poder de contemplar.

Existe um fio precioso de vida chamado esperança. É ela que cristaliza os nossos sonhos, pensamentos, ações e muitas outras coisas boas. A palavra esperança soa como a possibilidade das coisas se concretizarem. Esperar é bom. Claro, às vezes se torna monótono, mas tudo precisar ser conjugado: “Eu espero, tu espera, ele espera..” E juntos, nos mantemos unidos nessa corrente do bem. Evidente, que o que falo, nem sempre faz sentido para a maioria das pessoas. Porém, tem aquelas que acreditam .

“Enquanto uns só caminham, outros se sentem atraídos pelo o que acolhem, pelo o que apreciam, pelas coisas que cativam e se deixam envolver.”

A sabedoria da vida também se faz latente em todos os nossos atos. Nem tudo é didático. Algumas coisas são sublimes. Aonde por exemplo, a ciência acaba cedendo espaço para razão. Essas coisas se enfraquecem. Às vezes há uma repulsa da vida, dos nossos reclames, das mazelas que crescem na mente de cada um de nós. Digo mais, é natural que nem sempre se aceite de qualquer forma. É comum inclusive que, se aceite de qualquer forma. A vida é boa quando sentida , saboreada e revestida de humanidade.

O ser humano muda o tempo todo. As situações, os comportamentos, as relações de modo geral. Só para você ter uma ideia, hoje estamos bem, amanhã tudo muda. E aqui, vale o ditado popular ” ninguém pode voltar atrás para consertar o que não tem conserto, mas pode modificar o que é possível e construir tudo novo de novo.” O bonito da vida é que ela é inacabada (…) E por assim ser, nós a tecemos a nossa maneira.

O destino é uma constante. Você é a única pessoa que pode interferir nos melhores e piores momentos! E então eu te pergunto ” há uma fagulha de esperança aí em você para eleger coisas novas?” Se a sua resposta for uma confissão, ” abrace o possível”. O faça acontecer.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Marii Freire Pereira

Santarém, Pa 24 de outubro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Esperança

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: