A pessoa certa

Quando se fala a respeito de amor, é natural que as pessoas idealizem os seus parceiros, a forma de recepcionar um sentimento, e que inclusive, busquem referência delas próprias na figura do outro. Há quem acredite que encontrar a pessoa certa é como ‘ganhar na loteria’ porque assim, elas se sentem felizes e realizados. Claro, o resultado de quem busca o parceiro ideal, é querer sentir-se realizado ( a), é alcançar a verdadeira plenitude, o ápice do que agregar. Agora, independente, de se encontrar a pessoa certa ou não, vale ressaltar que a função de se relacionar com alguém, é construir uma relação onde há êxito. Pois do contrário, vive-se uma busca incessante.

Os relacionamentos têm a sua importância diante dessa difícil tarefa que é aprimorar a construção dos desejos mais profundos entre o cadal. A troca de informações entre si é muito recompensante para as pessoas que se amam, porque dentre outras coisas, as experiências positivas trazem paz, leveza, alegria, tranquilidade, e uma série de benefícios ao casal. O namoro serve para esse tempo de “conhecer o outro”. De pensar acerca do valor que aquela pessoa nos agregar e inspirar.

Somos o que praticamos

Conhecer a si mesmo, conhecer o outro, as suas manobras, as suas provocações, bem como, as coisas boas que acrescentam um ao outro, e se perguntar ” É isso que eu quero pra mim?”. Diante de múltiplas experiências é importante que as duas pessoas tenham objetivos em comum, que possam aprofundar a relação. Pessoas rasas, em geral, pouco acrescentam, por isso há tantos relacionamentos fracassados.

Outro detalhe importante é, a pessoa com quem me relaciono coloca energia na relação? É alguém que sustenta aquilo que eu quero, que espero dela? Porque depois de uns anos, sentimentos e planos se modificam. Mas, se você consegue encontrar elementos que torna essa relação com um certo ar de leveza, com os mesmos desejos, cumplicidade, isso é bom. Se esse alguém com quem você estar, parece ser ” a pessoa certa” pra você, maravilha. Os seus desejos são reais e não algo mirabolante que as vezes, acabam nos vendendo diante de nossas escolhas.

Há quem diga que ” a pessoa certa” não existe. De fato, tanto que não vou partir para exageros nesse texto. É uma maravilha, quando encontrarmos alguém que preencha parte dos nossos vazios sem que para isso, haja a necessidade de fantasia. Ter uma pessoa ao lado que tem objetivos, sonhos que e se adequar às nossas exigências ou seja, que no fundo, inclui a sua vida na nossa, e preenche parte das nossas demandas emocionais, é um ganho significativo. Portanto, quanto mais real for a nossa forma de pensar, de perceber que o outro também procura o que procuro, que me estimula a ser uma pessoa melhor, que me faz ser mais humana nas minhas atitudes, e que tem uma postura correta, ética diante do que trato com coerência, excelente. O círculo da minha procura se completa, compreende? O que se deseja é isso, alguém humano e sem exageros.

Na verdade, o conceito de pessoa certa, ele só existe em relação a você. Você se apaixona pela sua persona, e se ” encanta” quando percebe parte disso é refletido no outro. É isso que transcende a mente humana, a maneira de pensar e se vê refletido através de seus gestos no outro. A gente se apaixonar por aquilo que gostamos em nós.

O que nos faz quer, desejar, cobiçar a outra pessoa é o que a gente aprecia na nossa particularidade. Quanto mais verdadeira e pura for as suas intenções, mais conscientemente, isso nos provoca desejos.

” As nossas escolhas sempre são pelos benefícios “

A arte de escolher alguém, é como escolher a si mesmo, porque quem se ama, não se maltrata. Com isso, o compromisso é um passo que você decide fazer de maneira pensada. Então, quando você encontra uma pessoa que corresponde às suas expectativas, não significa que ela seja certa. Significa que há um conjunto de situações, onde se compartilha ideias, desejos, sonhos em comuns. A ideia em relação a pessoa certa ou não, transitam no seu inconsciente porque desde criança alguém lhe falou sobre ela. Foi uma mãe, uma avó, uma tia, ou outra pessoa que despertou esse desejo em você. Mas esse alguém não descreveu um ser humano completo pra você. Ela despertou isso o seu inconsciente, falando a respeito de valores. Dessa forma, o seu imaginário criou o desejo de encontrar uma pessoa que fosse capaz de despertar o melhor que há em você, porque foi essa mensagem que ficou em você.

A pessoa certa é aquela que comporta o que há de ruim e o melhor de você. Alguém que te acaricie, cuide, complete, faça você se namorar, gostar de si. É aquela que inclusive, seja capaz de fazer você pensar diferente, não através de manipulação, mas da realidade que te faça refletir de forma positiva e fecunda, tudo aquilo que se constrói a dois.

” O amor é uma resposta diante a todas as questões já completas “.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Wattpad.

Santarém, Pa 16 de outubro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

13 comentários em “A pessoa certa

    1. As tuas observações são importantes, Silvana. Afinal, são elas que determinam muita coisa dentro da relação, inclusive a saúde desta.
      Eu procurei não ” enfeitar esse texto com romantismo “, apesar dele falar de amor, porque é importante que a pessoa veja a outra de maneira real quando for se relacionar. Acontece que, a maioria ” idealiza o parceiro/ parceira ” e neste caso, mora o perigo. Pessoas mudam de atitude a todo momento. O que coloco aqui é simples; explicito algumas razões para quando você ao se relacionar com alguém, saiba identificar situações como, pensamentos e desejos em comum, bem como uma série de benefícios que devem ser observado. Se vocêestiver de acordo com eles, ótimo. O ideal é assumir a relação, o compromisso. Mas é importante ter cuidado. Quando encontramos quem nos ame na mesma proporção é bom. Ter uma pessoa que nos respeite e coloque energia na relação é ótimo, porque isso prolonga o tempo de vida desse acontecimento que as pessoas chamam de amor. Agora, o teu final é muito bom ” florescer dos transtornos”. Há muitos!… É sempre necessário saber tocar a vida, quando os sonhos dilaceram. Eu sou realista..inclusive no que escrevo, rsrs…

      Um abraço, Silvana!

      Curtido por 1 pessoa

  1. Eu compreendi, Marii. O que vc explicou em resposta ao meu comentário é exatamente o que explico aos meus rapazes aqui em casa. Assim mesmo, o relacionamento, o casamento, não é uma receita de pastelaria, em que as medidas devem ser rigorosas, mas é possível projetar algum futuro. Observar e observar é o que sempre alerto, mesmo assim cometemos enganos quanto à pessoa.
    Um abraço para vc tb, Marii!

    Curtido por 1 pessoa

  2. “A pessoa certa é aquela que comporta o que há de ruim e o melhor de você. Alguém que te acaricie, cuide, complete, faça você se namorar, gostar de si. É aquela que inclusive, seja capaz de fazer você pensar diferente, não através de manipulação, mas da realidade que te faça refletir de forma positiva e fecunda, tudo aquilo que se constrói a dois.”

    #identifico

    Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: