Alma

Delicado é tudo aquilo que toca alma sem perder a calma

Fragilizar

Adoecer

e apequenar o coração

Delicado é tudo aquilo que nasce do instante

Do sabor do lúdico

Da pureza dos sentimentos

Das pálpebras que fazem cócegas sobre a linha imaginária dos olhos.

Há milhões de anoitecer dentro de nós

Mas nenhum é tão delicado

Como a noite que ouvimos o sacrossanto sino

Da paz

Da esperança

Da poesia

Das pétalas que se abrem

diante da decomposição do velho

e carcomido coração.

É um crime não viver!

Delicado tudo aquilo

Que o tempo não consegue fragmentar

Mas classificar como precioso:

O amor

O abraço

O choro infante

A riqueza cítrica

Que por fim nasce nos olhos.

Delicado é tudo aquilo que nos alcança sem nos tocar

Sem prender

Asfixiar

A boca

Delicado é tudo o que toca a alma sem fazer barulho

Mas que o olhar apreciar no silêncio de exaustas confissões.

Marii Freire Pereira. Alma

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Flickr

Santarém, Pa 6 de setembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

15 comentários em “Alma

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: