Paulo Freire

Em homenagem ao centenário de Paulo Freire, eu resolvi abraçar uma de suas reflexões freirianas, que dentre todas que não fale de educação, tenha uma importância, e talvez, um significado enorme, porém, ainda não alcançado com o comprometimento que merece que é o problemada fome. Todavia, eu tinha que trazer para cá, essa reflexão, pois serve para relembrar urgência que abre caminhos ao diálogo, de modo que, reforça toda a trajetória de Paulo, que como sabemos foi a luta pela educação. Porém, dentre as suas reflexões, algo me chamou atenção que foi falar num problema global que é a fome.

Paulo foi enfático ao dizer que se recusava a qualquer posição fatalista, coisas como, abre aspas:

” É uma pena que haja tantos brasileiros e tantas brasileiras morrendo de fome. Mas afinal, a realidade é essa mesma”. Paulo disse: “Não!, eu me recuso como falsa, como ideológica. Nenhuma realidade é assim mesmo. Toda realidade está aí submetida a possibilidade de nossa intervenção nela”, fecha aspas.

Bem, não é atoa que Paulo é Patrono da Educação Brasileira. Bárbaro! É possível intervir em qualquer realidade, fato ou acontecimento. Mais ainda, é possível fazer, construir meios de transformar tal realidade, desde que [ se queira] ao invés de se debruçar sobre ela.

Parabéns Paulo Freire, pelo belo legado!

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest/ amazon.com

Fonte:

https://www.tiktok.com

( frederiksborg)

Santarém, Pá 19 de setembro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Paulo Freire

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: