Fazer o bem

Dizem que nós sempre devemos fazer o bem. Isso é perfeitamente compreensível, humano diria. A questão é: sejamos éticos.

Nós precisamos ser éticos para nós, para os outros, para o mundo como um todo.

A arte de viver exige muito de nós. As nossas decisões vem muito dos nossos ensinamentos. Eu posso tentar ser éticos, “transparente” quanto as minhas atitudes. Isso me faz melhor como pessoa. Ser ético, é uma questão de consciência. A sua forma de agir tem que expressar os seus sentimentos de modo que, isso possa lhe fazer bem. Bem a você e ao outro diante de qualquer situação.

Somos nós que fazemos a diferença nessa terra ( pessoas que fazem o bem). Não é quem faz uso de má-fé. É você que estende parte daquilo que é bom ao outro. Enganar os outros é um defeito. Isso nos limita, não transforma. Ao contrário, causa desentendimentos.

Fazer o bem é uma escolha. É uma escolha justa, antes com com você do que com o outro. Portanto, num mundo onde todos desejam obter algum tipo de vantagem, construa bons momentos, enriqueça a sua relação. Como? Ande descalço diante dos teus próprios solos. Não há nada mais prazeroso do que tocar a planta dos pés no chão, de poder passar horas andando e não sentir pedregulhos.

Se precisar, se desconstrua, mas faça um pacto com sua própria nobreza. Se respeite. Não queira ser inimigo de si mesmo ( a). Se conhecer, se aceitar é a primeira condição para sermos íntegros com nós mesmos.

pense nisso !..

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/VEM comigo!

Imagem: pinterest. Top Papel de Parede.

Santarém, Pá 21 de Agosto de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Fazer o bem

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: