Não ignore

Não ignore a importância das coisas pequeninas

Sem elas não haveria o eco das vozes

O prazer de um beijo doce

E esforço diário pelo último minuto de lucidez

Às vezes, a única coisa que preenche a alma

É o rascunho do mínimo diante daquilo que se transformou em pó .

É nisto, que se encontra algum valor,

Alguma nobreza conclusiva sobre a vida.

É no intervalo entre a sua última ação

E a saudade que espiritualiza o seu olhar abstrato

Fazendo com você se sinta desprotegido

Diante da lembrança de quem foi

Que renasce a chama da esperança que “constrói o seu caminho de volta”

Não seja um eco

Olhe a vida com ternura

Esse é o segredo de nossa infinita travessia.

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest. 500px.com

Santarém, Pá 9 de Agosto de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Não ignore

  1. Republicou isso em Ned Hamson's Second Line View of the Newse comentado:
    Microsoft translation:
    Don’t ignore the importance of small things

    Without them there would be no echo of the voices

    The pleasure of a sweet kiss

    And daily effort for the last minute of lucidity

    Sometimes the only thing that fills the soul

    It is the draft of the minimum before what has turned to dust.

    This is where you find some value,

    Some conclusive nobility about life.

    It’s in the interval between your last action

    And the longing that spiritualizes your abstract gaze

    Making you feel unprotected

    Before the memory of who was

    That the flame of hope that “builds its way back” is reborn

    Don’t be an echo

    Look at life with tenderness

    This is the secret of our infinite crossing.

    Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: