Florbela Espanca

” Janela antiga sobre a rua plana…

Ilumina-a o luar com o seu clarão…

Dantes,a descansar de luta insana,

Fui, talvez, flor no poético balcão…”

Florbela Espanca. À JANELA DE GARCIA DE REZENDE. Livro de Soror saudade, Charneca em Flor, Reliquie. Vol.2. Porto Alegre: L&PM, 2018

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: lisboacool/ Instagram

Santarém, Pá 2 de Agosto de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Florbela Espanca

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: