Amor não dói, amor não machuca

Amor não dói, amor não machuca, e se doer, é bom ficar atenta para analisar se o que você vive é amor, ou projeção do que você alimenta sobre o outro. Se a ideia de amor que a outra pessoa lança sobre você é algo que fere, entenda: não é amor. Amor não nasce, se desenvolve e morre numa condição. O nome disso é capricho humano.

Se algum diagnóstico vier até você lhe fazendo acreditar que para ter o amor de uma pessoa, é necessário se ferir, torno a dizer ” não é amor”. Amor não nasce de condição, de capricho humano para se tornar uma fonte de prazer. Ao longo de sua vida, você irá ouvir o amor sendo falando, debatido, e estendido a você de diversas formas. E digo mais: ” você vai se apaixonar “. Agora, tome cuidado pelo fascínio da ideia de amor que você tem pelo outro, para não se tornar uma doença. O que tem de mulher doente por conta de homem impondo condição, na verdade, a palavra é “restrição ” que coopera para que ela venha se tornar merecedora dos seus cuidados, carinho e atenção é uma coisa absurda. O que tem de marmanjo por aí, manipulando mulheres, principalmente, aquelas com imagens de fragilidade é impressionante.

Há mulheres que desenvolvem diversos problemas mentais, distúrbios alimentares por conta da condição que os homens impõem sobre elas. Doenças como depressão e ansiedade são comuns. Tem mulher que tem crises de ansiedade no trabalho que é uma coisa horrenda. Entenda, isso não é uma crítica, é uma forma de chamar atenção para um problema grave que muitos não veem. A mulher perde a razão. O parceiro não coopera com nada e, ela para não perdê-lo, fica recebendo ” migalhas” pelo desejo que tem de ser amada. O homem aproveita para fazer ” jogos de manipulação mental” quando descobre que tem total poder sobre a mulher, seja ela, esposa, namorada, companheira, amante. Imagine, todas as possibilidades que esse homem puder trabalhar para controlar essa mulher, seja com apelos emocionais ou a culpa que é muito comum, ele ira usar essas armas ao seu favor. O homem que domina ou seja, tem o controle da situação, ele priorizar os seus desejos e necessidades, não os da parceira. ” Fidelidade e desejo de controle ” faz do homem um jogador nato no campo amoroso. Se precisar, mente como respira, mas para ele o importante é dizer o que a mulher deve fazer para ser merecedora do seu amor.

Trocando em miúdos : faz ela esperar uma mensagem, o retorno de uma ligação, a transa combinada depois do trabalho. O homem faz com a mulher espere até ” o bom dia” depois daquela noite no motel. Se contudo, ele não ligar ou mandar mensagem, ela vai tomar satisfação, ele por sua vez, ignora. Ou age completamente frio, manda ela esperar porque quando sobrar tempo, ele lhe dará atenção. Você calcula tudo isso em danos psicológicos? O desejo pelo amor do outro, e ao mesmo tempo, o sentimento de rejeição é algo que leva tempo para ser ” digerindo internamente “. Às vezes as pessoas optam pelo autoengano do que aceitar que a outra pessoa não tem mais interesse nela, ou de repente, deixa de ” molho”, e quando não houver alguém melhor para substituir, a pessoa volta a procurar quem preenche a vaga do ” tanto faz”.

Aqui lanço minha ideia, querida leitora ou leitor, você conseguir compreender essa relação de atritos? O exercício do amor, ele é diferente. Você não precisa se diminuir para caber no horário do outro, pelo contrário , ele ira valorizar 20 minutos contatos no relógio para estar com você. É curto, mas vale o deleite do momento , ou seja, a qualidade. Tudo que se alonga disso é justamente o contrário do que você alimenta por amor. Isolamentos periódicos, diferenças sem fumentos, desculpas sem sentido é um sinal de que você precisa aguçar a sua mente. No amor, há uma relação de igualdade, reciprocidade, cuidado e entrega. Compreenda: a outra pessoa vai querer sempre encontrar um jeito de estar junto a você. Recapitulando: solidão, isolamento, falta de tempo e de interesse, representanta um claro sinal de que você não corresponde os valores que alguém procura em você .

O amor é um comportamento que ganha sentido, graças à sua dedicação. De fato, é muito bom quando duas pessoas estão na mesma sintonia, digo ” quando buscam objetivos em comum” e tem prazer no que fazem juntos. O único poder que existe no amor é a doação. Ilusão é pensar o contrário. No amor é preciso fazer uma distinção possível. Eu diria que é necessário. Se aceitar como um solitário no amor, significa que você não o tem. A solidão nos chama a atenção para o que temos ao redor, eu diálogo com os meus próprios sentimentos e pensamentos? Que bom, eu converso com uma amiga verdadeira, ou seja, ” eu”. A urgência é identificar quem me adiciona essa consciência de solidão. Eu acho proveitosa a ideia de solidão porque quando bem trabalha, ela nos leva ao autoconhecimento. Difícil é considerar o sobra de uma relação amorosa-sexual. Se for só isso, o que o outro busca em você, melhor seria ficar sozinha.

Quixote, o cavaleiro de Miguel de Cervantes, soube personifica a solidão. Você não pode lutar contra “moinhos de vento”, no máximo deve diminuir o tamanho dos seus monstros e abracar a vida de um jeito que ela lhe devova um sorriso autêntico, ao invés de uma lágrima. Ame-se mais, idealize menos! Amor cresce na ideia de proteção e diplomacia. Aprenda a lutar por si mesma, a se defender das intempéries e da fala do que ou de quem pouco lhe acrescenta.

Quem ama cuida!

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest/ Wattpad

Santarém , Pá 22 de Junho de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: