Florestan Fernandes

” A realidade histórica de hoje não é a mesma. Não obstante, desvinculada da estrutura de classes da sociedade brasileira atual, da marginalização secular que tem vitimado o negro nas várias etapas da revolução burguesa e da exploração capitalista direta ou da espoliação inerente à exclusão, os estoques raciais perdem o seu terrível potencial revolucionário e dilui-se o significado político que o negro representa como limite histórico da descolonização ( negativamente) e da revolução democrática ( positivamente). Portanto, para ser ativada pelo negro e pelo mulato, a negação do mito da democracia radical no plano prático exige uma estratégia de luta política corajosa, pela qual a fusão de ” raça ” e ” classe” regule a eclosão do Povo na história. “

Florestan Fernandes. Um Mito Revelador/ O Significado do Protesto Negro. 1ed. São Paulo: Expressão Popular co-condição Editora da Fundação Perseu Abramo, 2017.

Marii Freire Pereira

httos://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest. Nova Escola

Santarém, Pá 8 de Junho de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: