Elis Regina

Caía a tarde feito um viaduto

E um bêbado trajando luto

Me lembrou Carlitos

A lua tal qual a dona do bordel

Pedia a cada estrela fria

Um brilho de Aluguel

E nuvens lá no mata-borrão do céu

Chuva com manchas torturadas

Que sufoco!

Louco!

O bêbado com chapéu-coco

Fazia irreverências mil

Pra noite do Brasil

Meu Brasil…”

Elis Regina. O Bêbado e a Equilibrista

-Compositores: Aldir Blanc e João Bosco/ Charlie Chaplin/ George Parsons/ Jonh Turner.

Fonte: m.letras.mus.br

Marii Freire Pereira

https://Pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest. LETRAS. MUS.BR

Santarém, Pá 6 de Junho de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Elis Regina

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: