Luís de Camões

” Vê, enfim, que ninguém ama o que deve,

senão o que somente mal deseja.

Não quer que tanto tempo se releve

O castigo que duro e justo seja…”

Luís de Camões. OS LUSÍADAS – CANTO IX. 1ed. Cotia, São Paulo: Pé da Letra, 2018

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem ( Arquivo pessoal)

Santarém, Pá 26 de Maio de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

6 comentários em “Luís de Camões

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: