Mario Quintana

Tenta esquecer-me…Ser lembrado é como evocar-se um fantasma…Deixar-me ser o que sou, o que sempre fui, um rio que vai fluindo…

Em vão, em minhas margens cantarão as horas,

me recamarei de estrelas como um manto real,

me bordei de nuvens e de asas,

às vezes virão em minhas as crianças banhar-se …

Um espelho não guarda as coisa refletidas!

E o meu destino é seguir…é seguir para o

Mar, as imagens perdendo no caminho …

Deixa-me fluir, passar, cantar…

toda a tristeza dos rios é não poderem parar.

Mario Quintana. Deixa-me seguir para o mar.

culturalgenial.com

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo

Imagem: radiobatuta.com.br/ google

Santarém, Pá 16 Maio de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

3 comentários em “Mario Quintana

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: