Família

Hoje, 15 de Maio de 2021, comemora -se o Dia Internacional da Família. O sentido de família hoje é plural, não mais prevalece aquela visão isolada de que família é formada apenas por um homem e uma mulher. O significado maior de família roda em torno do afeto. Se costuma dizer por exemplo que, pessoas que criam vínculos afetivos são mais fortes em seus laços psicológicos construtivos. ” Ora, reconhecida a união homoafetiva, o pai afim ( denominado padrasto pelo Código Civil) possui verdadeiro vínculo de parentesco com os filhos de seu companheiro ( filhos afins). [ Maria Berenice Dias, FILHOS do AFETO).

Hoje, falar de família, significa você ter que enxergar uma realidade que não pode ser negada. As famílias homoafetivas têm quebrado o preconceito de acontecimentos que antes não eram reconhecidos, embora existisse, que é o fato de dois homens ou duas mulheres formarem uma família. Isso é um fato interessante para a sociedade. Ou seja, ela olhou para aquilo que ( aos olhos de muito era errado), para corrigir o que tava ruim. Como tava ruim? O ruim é entendido na minha concepção como aquilo foi preciso transformar, ou seja, considerar uma realidade que era negada entre casais do mesmo sexo [ Marii Freire Pereira] para trazer segurança a todos.

A tensão deu-se justamente em ter que reconhecer um direito que existia na sociedade. Porém, não era legalmente aceito. O maior problema era como transformar a mente de uma sociedade conservadora? A visão de família precisava mudar para poder englobar o direito dessas pessoas. Nada como um pensamento otimista e genuíno para tornar viável os benefícios que essas pessoas tinha por direito. Claro – com a ajuda da lei. Questões jurídicas decorrente dessa nova concepção fez com que pais e mães do mesmo sexo, pudessem finalmente, realizar o sonho de construir uma família.

A Constituição ajudou “maternidade” ou a “paternidade” desenvolver-se a partir desse comportamento ( famílias homoafetivas) a construir uma entidade familiar com a proteção do Estado, de modo seguro, cheia de carinho, amor e afeto. Tudo isso, cooperou para o novo conceito de família.

” O afeto é o que constrói a possibilidade das famílias construírem seus relacionamentos publicamente.

A medida que as pessoas se relacionam, e esse relacionamento torna-se duradouro. Isso significa que a afetividade constrói laços indestrutíveis, porque esse vínculos afetivo é fortemente alimentado por gestos que fazem com que o amor se fortaleça entre essas famílias.

A concepção clássica de família formada por homem e mulher distancoiu-se bastante de um conceito único, e passou a ser [re]feita com novos arranjos. Há famílias compostas por mãe e filha.

Assim, como também aquilo que cabe a família tradicional – que continua sendo um paradoxo entre indivíduos que casam e separam, e os filhos que são criados muitas vezes por outras pessoas. Todavia, é família.E, mesmo que por algum motivo, está, tenha os seus laços rompido, sobra ali, a sua forma contínua que são os filhos. Lembra dos laços afetivos citados no início do texto? Pois bem, estes, são essenciais porque independente da direção que vá essa família, esse elo, os mantém unidos. As alterações pouco importa. Importa mesmo é o afeto e o amor que os sustentam. Familia, ela não perde o seu significado, aconteça o que acontecer. Apenas, ela incorpora no seu cotidiano ainda mais sentido. E o sentido maior que vejo nesse sentido é o elo que as prende.

Deixo aqui, uma simples palavra que compreendo como verdadeiros dentro dessa construção:” Familia é a razão de receber por igual ou metade o amor e reconhecimento que temos um no outro “. É quando vemos – que ‘enxergamos’ o valor daquilo que somos feitos: “afeto” ainda que aconteça absurdos, somos meio-irmãos independente do material genético.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: pinterest. Johnkart. ThePodPhoto.iVillage.entreternimeto.br.msn.com.123RF.Wattpad.

Fonte: Maria Berenice Dias. FILHOS DO AFETO. São Paulo: editora Revista dos Tribunais, 2016.

Santarém, Pá 15 de Maio de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Família

  1. A família é a base de tudo e tudo tem como base os ensinamentos da Família!!!! A educação já começa em casa em todos os sentidos, fato!!!! Feliz dia da Família para todos!!!! abraços!!!!

    Curtido por 2 pessoas

  2. Muito bom, como sempre! 👏🏻👏🏻👏🏻💙💛💚 Família é amor, partilha, união, afeto. A família é plural, recomposta, do mesmo sexo (ou não), tradicional ou monoparental. Família é o princípio, o meio e o fim.

    Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: