Amigo

” A gente não faz amigos, reconhece-os”.

Vinicius de Moraes.

” Amigos ” como disse Vinicius, você reconhece na ponta dos dedos. Mas, um amigo, ele é diferente de uma amizade no plural, porque amigo mesmo, é quem tem a capacidade de abraçar o seu sucesso, assim como, o seu fracasso. Se for o seu sucesso, ele vai dizer ” parabéns “. E mais, vai dizer novamente: ‘eu quero que você seja capaz de fazer o seu melhor”. Agora, se ele perceber o seu fracasso, simplesmente você ouvirá um sonoro: “faz parte”, foi um aprendizado. Vamos, tente novamente, da próxima vez, você conseguirá.

Um amigo se faz nas horas que aparecem os nossos beneficiários, os nossos ganhos, “o saldo da vida”, vamos dizer assim. Quer outro exemplo de quando se tem um amigo? Talvez, poucos percebam, mas, um amigo é aquele que muito faz por você sem pedir nada em troca. Não há interesse, a não ser o de vê-lo crescer, porque ele sabe que você tem potencial. Então, essa pessoa incentiva, faz com que você se torne até mais consciente das tuas potencialidades. Às vezes, diante do desânimo, e até por não ter a resposta necessária da vida, é natural ficar desmotivado. O que um amigo faz nessas horas? de um jeito autêntico, ele confrontando os seus medos, diz : ” tente de novo e de novo”. Um amigo é sempre uma resposta positiva. É alguém que te ergue, ajuda a crescer naquelas etapas que você tem um desconforto maior diante da vida.

Um amigo é uma pessoa que demoradamente, reconhecemos. Eu falo ‘demoradamente’ porque ninguém se torna seu amigo de imediato. É interessante compreender que qualquer relação, ela leva tempo para ser maturada. Insisto, toda e qualquer relação precisa de tempo, isso vale para amizade também. Ou você vai abraçar um estranho e diz que ele é seu amigo? Ele te conhece? Sabe das duas dores, das suas dificuldades diante da vida? O quanto essa pessoa já te ajudou? Conte. Amizade não nasce de convenções. Há quem tenha amizade por interesse. Tem bajuladores para todos os gostos. Mas, quer um conselho? Livre-se deles. Eu sinceramente, prefiro andar sozinha do que ter esse tipo de gente perto de mim. Difícil você sorrir com gente desajustada. Nós gostamos de sorrir com quem compartilha dos mesmos pensamentos. Esse é um valor que se percebe logo de cara no outro. Ou a pessoa é resposta, ou ponto de interrogação. Mas de qualquer maneira, voce percebe. Eu acredito que tudo na vida se constrói pela linha da afetividade. Seria prematuro de minha parte dizer que qualquer outra forma de se relacionar com alguém funciona. Amigo é aquela pessoa que no fundo, nos conduz a plenitude, ajuda na construção que envolve a satisfação de nos mesmos, digo de ” nossas necessidades “. Amigo é alguém que se alegra com o nosso sucesso. Se te olhar torto, hummm…desconfie.

A amizade verdadeira é aquela que passa por escoriações ( também), sobrevive a quilômetros de distância, concilia as dificuldades. E o maior exemplo – de uma amizade? Eu diria que amizade “caduca “. Isso mesmo, sobrevive ao tempo, aceita o ciclo da vida. Numa amizade todas as coisas boas se faz…constrói.

Feliz é aquele que tem um amigo!

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Marii Freire

Santarém, Pá 16 de março de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

10 comentários em “Amigo

  1. É verdade, só se faz com o tempo. Tive algumas decepções por isso. Foram “amizades” q surgiram mto rapidamente, depois vi que o interesse era só enqto precisavam.
    Ei deveria substituir amizades por oportunistas.
    Bem, mas tenho poucas e sinceras.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Rsrs!…” amizades por oportunistas?” Seria interessante. Todos nós podemos identificar esse tipo de gente. Eu por exemplo, prefiro a minha própria companhia do que lidar com essa situação. Todavia, é bom refletir sobre quem acrescentar e quem só nos tira.

      Curtir

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: